Tamanho do texto

Zagueiro do Internacional nega mau momento e ainda acredita na reversão do resultado na final do Gauchão

O zagueiro Bolívar não está de acordo com as críticas que vem recebendo. Ele tem sido apontado como um dos jogadores que vive pior momento entre os titulares do Inter .

“Acho que nenhum atleta gosta de ser criticado, eu muito menos, pois passo a maior parte do tempo no Beira-Rio, até mais do que com a família. Tenho muita dedicação nos jogos e ouço que não tenho dedicação, que estou ultrapassado. Mas isso só me fortalece, procuro transformar as coisas negativas em energia”, disse, em entrevista para a Rádio Bandeirantes.

O zagueiro não teve boas atuações especialmente nos últimos dois jogos, quando o Inter perdeu para Grêmio e Peñarol. O sistema defensivo num todo tem vazado. Foram oito gols sofridos nos últimos cinco jogos.

“Estamos procurando conversar sobre a nossa situação. Ninguém gosta de ser eliminado da Libertadores e ainda perder um Gre-Nal, mas estão todos dando como decidido. Acho que precisam nos respeitar. Não são dois jogos que vão desfazer nossa história. Temos que procurar nos fortalecer”, avisou.

O Inter enfrenta o Grêmio no domingo, 16h, no estádio Olímpico. Para ser campeão gaúcho precisará de uma vitória por dois gols de diferença, algo que aconteceu poucas vezes na casa do adversário . O técnico Falcão tem fechado os treinos e feito mistério quanto a escalação do time. O volante Tinga está suspenso. Outros dois volantes, Bolatti e Guiñazu, vão a julgamento nesta quinta-feira e também poderão perder o clássico. Os jogadores retornam ao trabalho na tarde de quinta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.