Tamanho do texto

Confronto contra o Copenhague pode classificar time de Lionel Messi com vitória

Uma das grandes forças do continente europeu nos últimos anos, o Barcelona poderá garantir, já nesta terça-feira, uma vaga para as oitavas de final da Copa dos Campeões da Europa. A equipe catalã viajará até a Copenhague, na Dinamarca, para enfrentar o time da casa, às 17h45 (de Brasília).

Para assegurar uma das duas primeiras colocações do Grupo D já nesta rodada, o Barça precisará vencer os dinamarqueses e ainda contar com um empate no jogo entre Rubin Kazan e Panathinaikos, que acontecerá às 15h30 (de Brasília), na Rússia.

Uma das grandes forças do continente europeu nos últimos anos, o Barcelona poderá garantir, já nesta terça-feira, uma vaga para as oitavas de final da Copa dos Campeões da Europa. A equipe catalã vai até a Copenhague, na Dinamarca, para enfrentar o time da casa, às 17h45 (de Brasília). Para assegurar uma das duas primeiras colocações do Grupo D já nesta rodada, o Barça precisará vencer os dinamarqueses e ainda contar com um empate no jogo entre Rubin Kazan e Panathinaikos, que acontecerá às 15h30 (de Brasília), na Rússia.

Barcelona e Copenhague já se enfrentaram no último dia 20, no estádio Camp Nou. Naquela ocasião, apesar do domínio de posse de bola dos espanhóis, os dinamarqueses conseguiram dificultar as coisas para o Barça, mas não o suficiente para evitar o triunfo por 2 a 0 da equipe catalã, com os gols marcados pelo argentino Lionel Messi.

Para o jogo de volta, na Dinamarca, o Barcelona deverá ter como titular o volante Xavi Hernandez. O jogador, que sofreu com uma lesão no tendão de Aquiles, atuou por apenas 20 minutos na partida de ida, mas já está recuperado plenamente, conforme provou a sua participação no duelo contra o Sevilla, no último sábado, pelo Campeonato Espanhol.

"Eu me sinto quase 100% de novo. Mas antes estava insuportável. Estou otimista em estar pronto para participar de todos os jogos, apesar de que isso dependerá das lesões", declarou o meio-campista da seleção espanhola.

Além de Lionel Messi, que continua, a cada jogo, mostrando um futebol de altíssimo nível, o Barcelona também tem no atacante David Villa uma importante arma ofensiva. O jogador, que ficou mais de um mês sem marcar gols, anotou dois na goleada por 5 a 0 sobre o Sevilla, e voltou a dar confiança ao elenco.

"Nós nunca duvidamos dele. Villa já atuou por Sporting Gijón, Zaragoza e Valencia e marcou gols por todos eles. Por isso, nós sabíamos que a sua contratação seria uma garantia (de gols)", declarou o técnico Pep Guardiola.

Pelo lado do Copenhague, mesmo com a derrota da última rodada, na Espanha, as chances de vaga para as oitavas de final seguem grandes, muito por causa do fraco desempenho de Rubin Kazan (2 pontos) e Panathinaikos (um ponto). Por isso, seja qual for o resultado desta terça-feira, a equipe, que tem seis pontos ganhos, permanecerá entre os dois primeiros colocados.

Russos e gregos querem manter chances - No outro jogo do grupo D, o Rubin Kazan receberá o Panathinaikos, às 15h30 (de Brasília). Na quarta rodada da competição, as duas equipes necessitam da vitória para manterem reais as chances de classificação para as oitavas de final da Copa dos Campeões.