Tamanho do texto

Ícones do bom futebol praticado nos anos 70 e 80, titulares na Copa de 82, a dupla de técnicos se reencontra

Falcão comanda treino do Bahia
Futura Press
Falcão comanda treino do Bahia
A estreia do técnico Paulo Roberto Falcão à frente do Bahia ocorre em grande estilo: no clássico contra o Vitória, às 17h (de Brasília) deste domingo, em partida disputada no estádio Roberto Santos, em Pituaçu, e válida pela oitava rodada do Campeonato Baiano.

O primeiro clássico de 2012 será especial para os técnicos das duas equipes, pois marcará o reencontro de dois ícones do (bom) futebol brasileiro nos anos 70 e início dos 80. Paulo Roberto Falcão e Toninho Cerezo foram companheiros na Roma e na seleção brasileira, na época em que eram jogadores.

Em 1982, ao lado de Zico e Sócrates, os dois formaram o grande meio campo da seleção na Copa da Espanha.

Lutando pela liderança da competição, o Bahia precisa da vitória no clássico e torcer por um tropeço do Bahia de Feira, atual primeiro colocado, dois pontos à frente. Com 12 pontos, o Vitória é o terceiro colocado da competição Estadual, e quer o resultado positivo para se aproximar do rival em número de pontos e impedir que ele assuma a liderança.

Na rodada do meio de semana, o Vitória tropeçou frente ao Juazeirente, fora de casa, sendo derrotado por 3 a 2. Já o Bahia conquistou o seu quinto triunfo na competição, ao vencer o Vitória da Conquista por 2 a 0, jogando no Pituaçu.

Para a partida, Falcão poderá contar com o reforço de quatro jogadores que estavam no departamento médico do Tricolor: o volante Hélder, o lateral direito Coelho, o meia Lulinha e o atacante Àvine.

Cerezo já teve boa passagem pelo Vitória e voltou ao clube
Futura Press
Cerezo já teve boa passagem pelo Vitória e voltou ao clube
Do lado rubro-negro, Toninho Cerezo continua na expectativa de poder utilizar o meia e capitão da equipe Lúcio Flávio, que foi poupado da partida em Juazeiro. Além disso, Rildo, Wellington Saci e Nino Paraíba, peças fundamentais na campanha da Série B do ano passado, continuam no departamento médico.

Fora de campo, a preocupação com o Ba-Vi, que já é grande normalmente, aumentou devido à greve dos policiais baianos. A segurança será garantida pelo Batalhão Especializado de Policiamento em Eventos (BEPE), que contará com cerca de 800 homens que farão o policiamento dentro de campo e nas adjacências do estádio.

Também às 17 horas (de Brasília) de domingo, o Bahia de Feira recebe o Fluminense de Feira para o clássico local e só precisa da vitória para garantir a liderança da competição.

Confira todas as partidas da oitava rodada do Campeonato Baiano (horário de Brasília):

17horas - Camaçari x Atlético-BA
17horas - Vitória da Conquista x Serrano
17horas - Bahia de Feira x Fluminense de Feira
17horas - Feirense x Itabuna
17horas - Juazeiro x Juazeirense
17horas - Bahia x Vitória-BA

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.