Tamanho do texto

Trio desembarcou da viagem do México com atraso nesta quinta-feira no Aeroporto de Cumbica

Mowa Press
Ralf, junto com Lucas e Oscar, chegaram nesta quinta-feira do México
Últimos representantes da seleção brasileira a retornarem ao Brasil, os meio-campistas Ralf , Lucas e Oscar tiveram o mesmo problema de atraso do grupo de Ronaldinho Gaúcho e Neymar que deixou o México em voo fretado. O trio desembarcou nesta quinta-feira no Aeroporto de Cumbica cerca de duas horas depois do previsto.

Leia também: Mano aprova esquema e pretende acabar com centroavante na seleção

"Foi um problema de combustível", disse Oscar, que depois emendou. "Calma gente, é brincadeira", emendou o atleta, sem esconder o sorriso.

Na verdade, a decolagem do avião dos atletas demorou mais de uma hora no México, situação que testou a paciência de todos. No entanto, o bom humor foi a tônica na volta para casa, mesmo com o desgaste. O principal foi comemorar os bons resultados na turnê fora de casa: a seleção brasileira derrotou Costa Rica e México .

"Foi bom, importante, principalmente o segundo jogo em que o Brasil atuou com um a menos. Valeu para dar uma arrancada", explicou Oscar, aproveitado em 45 minutos do jogo contra a Costa Rica.

Titular nos dois jogos, o meio-campista Lucas exalta a evolução da seleção brasileira, que soma uma sequência de quatro vitórias e um empate. O país vive a melhor série de resultados sob o comando de Mano Menezes e começa a ganhar a confiança dos torcedores.

"A equipe está em fase de reformulação, leva tempo para encaixar, agora tivemos uma sequência boa, ganhamos da Argentina, uma grande equipe, do México, o grupo começou a mostrar a cara e só tem a crescer. Na próxima competição estaremos mais fortes", prometeu o meia do São Paulo .

Por fim, Ralf acredita que os resultados vão ajudar Mano Menezes no período de formação da equipe. Aos poucos, o técnico dissipa a pressão sobre o seu trabalho que ficou quase insustentável após a eliminação na Copa América da Argentina. "Essas vitórias servem para dar estabilidade ao Mano, mas precisamos continuar provando a cada treino, a cada jogo", encerrou o meio-campista do Corinthians .

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.