Atlético-PR não consegue explicar vacilo no final do jogo

Time paranaense vencia até os 38 minutos do segundo tempo, quando sofreu empate e depois a virada do Ceará

Leonardo Fagundes, iG Curitiba | 28/07/2011 23:49

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Veja os gols da partida no Ceará

Tudo ia bem até os 38 minutos do segundo tempo. O Atlético-PR estava conquistando importantíssimos três pontos fora de casa, deixando a lanterna do Brasileirão e contando com grande atuação do camisa 1 Renan Rocha.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-PR e convide seus amigos

No entanto, um chute de Nicácio começou a mudar a história da partida. Falha de Renan e empate do Ceará. Aí os gol perdidos pelo time saíram caro quando, para piorar, aos 48, novamente Nicácio, conseguiu a virada para o time da casa.

"Tínhamos o jogo controlado, fizemos uma grande partida, mas não fizemos o segundo gol. Agora temos que levantar a cabeça, se houve erro, houve erro coletivo. Com resultado na mão, não podemos vacilar", avaliou o volante Cleber Santana.

Foto: AE Ampliar

Madson comemora o primeiro e único gol do Atlético-PR

Para o técnico Renato Gaúcho, a equipe perdeu inúmeras chances e poderia ter saído de campo com um resultado melhor.

"A equipe cometeu poucos erros, estava bem, teve chance de matar o jogo. No mínimo três situação claras. Fomos displicentes, gol de bico também vale. Foi a melhor partida sob meu comando. Mas quando tem chance, tem que marcar, tem que matar o jogo", analisou o treinador rubro-negro.

"Tiveram uma atuação digna, mas infelizmente perdemos gols que poderíamos sair daqui com três pontos. Hoje, o Atlético é culpado por não sair daqui com três pontos", completou.

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo