Tamanho do texto

Luiz Eduardo esteve em campo somente contra o Fluminense e teve o contrato renovado por mais três anos

Seis minutos. Esse foi o tempo em campo que o zagueiro Luiz Eduardo precisou para renovar o contrato com o Atlético-MG por mais três temporadas. No jogo disputado contra o Fluminense , ainda pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando Dorival Júnior ainda estava no comando atleticano, o camisa 31 entrou em campo aos 43 minutos do segundo tempo, no lugar de Dudu Cearense . Aquela partida teve quatro minutos de acréscimos, terminando aos 49 minutos.

Veja também: Cuca espera que a diretoria do Atlético-MG monte um elenco forte

Mesmo sem ter atuado uma vez sequer com Cuca , Luiz Eduardo vai ficar na Cidade do Galo por mais três temporadas. Apresentado no dia 15 de fevereiro apenas para compor elenco, já que na ocasião o Atlético-MG contava com apenas quatro zagueiros. Tão logo foi a informada a renovação de contrato, a torcida atleticana se manifestou nas redes sociais e logo o nome de Luiz Eduardo era o assunto mais comentado no Twitter.

Leia também: Atlético-MG espera anunciar mais dois reforços ainda neste ano

O jogador atleticano se defendeu e diz que espera por mais oportunidades em 2012, para provar que a decisão do clube não foi errada. “Estou muito feliz por renovar com meu clube de coração e logo tendo minha oportunidade mostrarei o meu valor para todos que apoiaram e criticaram!”, postou o jogador em sua conta no microblog.

Rafael Cruz

Se Luiz Eduardo foi confirmado pelo Atlético-MG para 2012, o lateral-direito Rafael Cruz continuar fora dos planos do clube alvinegro. O jogador foi emprestado para o Atlético-GO para disputar o Brasileirão e por lá vai ficar por mais um ano. Com a permanência de Carlos César e o retorno de Marcos Rocha, que estava emprestado ao América-MG , Rafael Cruz ficou sem espaço no elenco formado por Cuca.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Além dele, o Atlético-MG ainda tem mais dois laterais para emprestar. Patric que estava na Ponte Preta e Sheslon que estava no América-MG também não fazem parte dos planos do treinador e estão à disposição de outros clubes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.