Tamanho do texto

Time de Divinópolis foi o último do interior a vencer o Atlético, em 2008. Desde então foram 40 jogos

Bruno Cantini / Divulgação
Rafael Marques marcou contra a Caldense e quer ver o Atlético com o mesmo ritmo no domingo
A vitória sobre a Caldense pela terceira rodada do Campeonato Mineiro marcou 40 partidas de invencibilidade do Atlético-MG em jogos contra as equipes do interior do estado. O duelo deste domingo, ante o Guarani, coloca o time alvinegro diante de seu último algoz nos jogos contra os clubes pequenos de Minas. Em 2008, comandado pelo atacante Jajá, o Guarani venceu o Atlético-MG no Estádio Independência, por 3 a 2.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Desde a partida disputada em abril daquele ano foram 33 vitórias e somente sete empates. Contra o próprio Guarani foram mais dois confrontos nesse período, com duas vitórias, ambas no Farião, em Divinópolis, local do jogo deste domingo, às 16h. Para manter o bom retrospecto diante das equipes do interior e continuar na disputa pela liderança do Estadual , os jogadores do Atlético-MG não querem saber de bobear.

Leia também: Cuca comanda treino no Atlético-MG sem Bernard, Réver e Dudu

“Está todo mundo motivado. Não podemos perder esses pontos, são pontos primordiais. É mais um jogo importante para a gente. Ir para lá, fazer nosso dever de casa e depois pensar na outra semana”, disse o atacante André , que já projeta o clássico com o América-MG , pela quinta rodada do Mineiro.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

Rafael Marques prefere não olhar o retrospecto atleticano diante das equipes do interior. Para o zagueiro o importante é o Atlético-MG manter o desempenho das rodadas anterior e se manter com 100% de aproveitamento, já que são três vitórias em três rodadas.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Cada jogo se tem uma historia. Cada jogo você procura fazer seu melhor, você sempre tem que querer melhorar, corresponder à expectativa. O próximo jogo sempre é o mais difícil. Tivemos três jogos complicados, vencemos e domingo não pode ser diferente. Temos que lugar forte, respeitar a equipe deles, mas saber que nossa equipe tem bastante qualidade”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.