Tamanho do texto

Enquanto time paulista tenta se recuperar, Atlético-MG pode abrir quatro pontos de vantagem sobre o Ceará

Flickr/Clube Atlético Mineiro
Atlético-MG vai pagar R$ 200 mil ao Palmeiras para poder contar com o volante Pierre
Apesar de estar nove pontos atrás do Palmeiras , o Atlético-MG vive melhor momento na competição e espera confirmar sua recuperação neste domingo, às 18h, na Arena do Jacaré, em jogo válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos e na 16ª colocação, o time da casa entra em campo embalado pela vitória na rodada anterior e pelos tropeços dos rivais diretos. Já o Palmeiras está na 13ª colocação, ainda com um pouco de risco de ser rebaixado.

Veja também: Atlético-MG pode abrir quatro pontos sobre o Z-4. Veja a classificação

Se o Atlético-MG tem 18 pontos no segundo turno e a sétima melhor campanha , o Palmeiras somou apenas nove, tendo o terceiro pior desempenho. Por conta da queda de rendimento do time, o rebaixamento se tornou preocupação.

Leia também: Apesar da multa, Cuca relaciona Pierre para enfrentar o Palmeiras

“Bate a preocupação da parte de baixo também, temos de vencer os jogos. Se não conseguirmos a vaga (na Libertadores), temos de ficar com a Sul-americana, mas não podemos pensar em cair de jeito nenhum”, disse o lateral-direito Cicinho .

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Mas para o meia Valdívia , que passou por problemas durante a semana , o time tem de olhar para parte de cima da tabela, e não para baixo. “Olho a tabela para cima e não para baixo. Temos de jogar e esquecer que, se perdermos, ficaremos mais perto da degola. Temos de pensar que precisamos ganhar e, depois, analisaremos se teremos chance de Libertadores, mas claro que vamos brigar para isso”.

No primeiro turno o Palmeiras venceu o Atlético-MG por 3 a 2. Veja como foi

Já no Atlético-MG, que pode até terminar a rodada dentro da zona de classificação à Copa Sul-Americana, desde que vença e o Bahia seja derrotado pelo Figueirense , o principal objetivo é se distanciar do Z-4. Com a derrota do Ceará para o Fluminense , o time mineiro pode abrir quatro pontos de vantagem sobre a zona de rebaixamento. Para isso, não vai faltar apoio, já que foram vendidos quase todos os 18 mil ingressos colocados à veda.

“A gente fica muito feliz de saber que o torcedor está do nosso lado neste momento tão difícil. Tem muitos torcedores que desacreditaram, mas tem o guerreiro que não desiste nunca. Vamos procurar fazer nosso melhor para dar alegria ao torcedor que tem sofrido muito”, disse o zagueiro Réver .

Uma vitória já coloca o Atlético-MG na frente do Cruzeiro , o que não ocorre desde a sexta rodada, quando o time alvinegro era o décimo colocado e o rival o 15º. Mas para conseguir os três pontos, o Atlético-MG tem de quebrar um tabu de dez anos sem vencer o Palmeiras como mandante. A última vez foi em 2001, de virada, com um gol aos 46 minutos do segundo tempo.

“A gente não pode ficar preocupado em tabu. O adversário é o Palmeiras, jogo difícil. Isso que temos que mentalizar. Um dia vamos vencer. Espero que a gente esteja numa tarde feliz e consiga os três pontos, assim como quebramos o tabu do Engenhão. É pensar só no jogo e esquecer se tem tabu ou não”, disse o zagueiro Réver se inspirando no exemplo da rodada anterior, quando o Atlético-MG venceu pela primeira vez no Engenhão .

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X PALMEIRAS
Local:
Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)
Data: 30 de outubro de 2011 (domingo)
Horário: 18 horas (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Edinei Mascarenhas (RJ) e Marcos Peçanha (RJ)

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Carlos César, Réver, Leonardo Silva e Triguinho; Pierre, Fillipe Soutto, Daniel Carvalho e Bernard; André e Neto Berola
Técnico: Cuca

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Thiago Heleno, Henrique e Gabriel Silva (Rivaldo); Chico, Márcio Araújo e Valdivia; Maikon Leite (Tinga), Fernandão e Luan
Técnico: Luiz Felipe Scolari

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.