Tamanho do texto

Sem vencer desde a segunda rodada, equipe de Dorival quer espantar a crise que ronda a Cidade do Galo

Com um time mais fechado e mais uma vez bastante alterado, o Atlético-MG encara o Ceará , nesta quarta-feira, às 21h50, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Com oito pontos em sete partidas, o time mineiro não consegue vencer desde a segunda rodada. São cinco jogos sem triunfo, com dois empates e três derrotas. Se o momento do alvinegro mineiro não é dos melhores, do Ceará é ainda pior, pois o clube está dentro da zona de rebaixamento.

Siga o iG Atlético-MG no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

E é para lá que o Atlético-MG não quer ir, principalmente depois do susto do ano passado, quando escapou da queda somente na 37ª rodada. Portanto, Dorival Júnior armou um time com três volantes, dois meias e somente um atacante . Mas com a prioridade é não levar gols, foram oito somente nas duas últimas partidas, o treinador atleticano se mostra confiante num time mais seguro dentro de campo.

Entre para a Torcida Virtual do Atlético-MG e convide seus amigos

Camisa 10 do Atlético-MG, Renan Oliveira (foto) tem a missão de armar o time, ao lado do estreante Caio
Flickr/Clube Atlético Mineiro
Camisa 10 do Atlético-MG, Renan Oliveira (foto) tem a missão de armar o time, ao lado do estreante Caio
“Tivemos gols em situações muito desconfortáveis contra o Flamengo e Internacional . Aconteceram praticamente em 30 minutos do segundo tempo com o Flamengo e 40 com o Internacional, no mais a equipe sempre se comportou muito bem, de uma maneira equilibrada, agressiva, prevalecendo sobre a maioria dos adversários, com exceção a estes dois últimos jogos”.

Atualmente na 14ª colocação, o Atlético-MG pode terminar a rodada dentro da zona de rebaixamento . Mas passar o ano mais uma vez lutando contra a queda não faz parte dos planos atleticanos. A meta é buscar uma vaga na Copa do Libertadores . Portanto, é vencer ou vencer. “Se faz necessária uma recuperação, como o próprio Ceará vem buscando uma reafirmação. É um momento no início do Brasileiro, que ainda nos dá uma possibilidade de recuperação, mas não podemos nos distanciar tanto das equipes que estão na frente. Ficar nas primeiras colocações é o nosso objetivo”, disse o técnico Dorival Júnior.

Além do esquema mais defensivo, outra novidade na equipe é a entrada do goleiro Giovanni na vaga de Renan Ribeiro , que foi barrado depois de 45 partidas como titular. Quem também vai começar uma partida pela primeira vez neste Brasileirão é o meia Renan Oliveira . Considerando a partida como uma decisão , ele não quer saber de tomar o rumo errado.

“Vai ser um jogo pra encaminhar o Atlético no Brasileiro, então nada melhor do que a gente ir lá e conquistar os três pontos, para afastar de vez essa zona de rebaixamento, que a gente não quer este ano. A busca é pelo título e estar sempre no grupo da frente. Nada melhor que esta vitória”.

FICHA TÉCNICA – CEARÁ X ATLÉTICO
Local:
Presidente Vargas (CE)
Data: 6 de julho de 2011, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Assistentes: Erich Bandeira (Fifa-PE) e Rodrigo Pereira Joia (Fifa-RJ)

CEARÁ: Fernando Henrique; Boiadeiro, Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Heleno, Michel, João Marcos e Thiago Humberto; Osvaldo e Marcelo Nicácio.
Técnico: Vagner Mancini.

ATLÉTICO-MG: Giovanni; Roger, Leonardo Silva, Réver e Leandro; Serginho, Gilberto, Richarlyson, Renan Oliveira e Caio; Guilherme.
Técnico: Dorival Júnior.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.