Tamanho do texto

Artilheiros em competições européias, Pato e Messi disseram ser difícil fazer gols na Copa América

Ricardo Stuckert/CBF
Pato conduz a bola entre Daniel Alves e Elano
Na semana passada, Mano Menezes avisou: “É diferente jogar diante do Getafe e da Colômbia”. Astros na Europa, Messi e Alexandro Pato parecem concordar com o técnico brasileiro.

Após zerar nas duas primeiras partidas da seleção, Alexandre Pato conseguiu marcar dois gols contra o Equador. “É a minha primeira Copa América. Estou vendo que é difícil porque todos querem ganhar da seleção e a marcação dos times é forte”, afirmou o atacante, que fez 21 gols na última temporada.

Lionel Messi ainda não conseguiu marcar no torneio disputado na Argentina. “Jogar uma Copa América é difícil. Os marcadores nos trazem dificuldades”, afirmou o argentino, que fez 57 gols na última temporada, 53 com a camisa do Barcelona.

A Argentina enfrenta o Uruguai, neste sábado às 19h 15, pelas quartas de final. Já o Brasil pega o Paraguai, no domingo, às 16h.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.