Tamanho do texto

Roberto Dinamite diz que pode fazer esforços pelo atacante caso Ricardo Gomes aprove a contratação

O assunto Emerson Sheik volta a ganhar espaço no Vasco . Depois de o diretor-executivo Rodrigo Caetano afirmar que o alto salário do atacante seria obstáculo na negociação , o presidente do clube, Roberto Dinamite, apresentou novo discurso. Segundo o ex-jogador e eterno ídolo de São Januário, “caro é aquele jogador que entra e não faz gol”.

“É um jogador que interessa. A mim, interessa. Mas temos que ver com o Ricardo Gomes. Preciso da opinião do treinador. Além dele, temos o nosso diretor-executivo, também. No Vasco, não se resolve nada sozinho”, disse Dinamite.

O presidente não descarta a contratação do atacante, dispensado pelo Fluminense . Sheik foi oferecido ao Vasco, entre outros clubes. Reinaldo Pitta, procurador do atacante, já negociava com alguns dirigentes assim que Emerson entrou em litígio com o clube das Laranjeiras. De início, a julgar pelo salário do jogador (aproximadamente R$ 300 mil), o operação seria inviável. Foi o que disse ao iG Rodrigo Caetano. Mas o presidente tem outro ponto de vista.

“Se for o caso e todos no clube acharem válido, vamos fazer esforços. Vamos ver”.

Para isso, no entanto, clube e atleta tentariam chegar a um acordo. Há, porém, a possibilidade de Sheik voltar para o mundo árabe. O atacante recebeu proposta milionária por um ano de contrato.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.