Tamanho do texto

Depois de estrear perdendo para o Equador na primeira rodada do hexagonal final, Argentina fez 3 a 2

A Argentina se recuperou da derrota para o Equador e bateu o Chile por 3 a 2 nesta quinta-feira, chegando aos três pontos no hexagonal final do Sul-Americano sub 20 do Peru.

Com o resultado, a Argentina ficou a um ponto de Uruguai e Equador, vice-líderes da fase final do torneio. O Brasil comanda a tabela da pontuação com seis pontos depois de duas vitórias, contra Chile, na primeira rodada, e Colômbia. Já o Chile segue zerado, em último.

O Chile, que foi goleado por 5 a 1 pelo Brasil na primeira rodada do hexagonal, começou melhor e abriu o placar aos 15 minutos, quando Carrasco driblou um zagueiro e chutou da entrada da área para vencer Andrada.

Facundo Ferreyra festeja após marcar de pênalti, vencendo o goleiro Claudio Santis
AFP
Facundo Ferreyra festeja após marcar de pênalti, vencendo o goleiro Claudio Santis

O empate da Argentina aconteceu apenas aos 5 minutos da etapa final. Após o árbitro marcar pênalti inexistente em Iturbe, Ferreyra cobrou no canto direito e deslocou o goleiro chileno.

Aos 16, Iturbe marcou um golaço para decretar a virada da Argentina. O canhoto arrancou do meio de campo, deixou dois zagueiros para trás e chutou de direita para fazer 2 a 1.

A partir daí, a Argentina cresceu na partida e passou a criar situações de gol em profusão. Em uma delas, aos 26 minutos, Tagliafico aproveitou cruzamento na área e chutou no canto de Santis para marcar o terceiro.

Com o jogo praticamente nas mãos, a Argentina diminuiu o ritmo e se preocupou apenas em conter os avanços sem criatividade do Chile, que diminuiu aos 45 minutos com Gallegos mas não teve forças para empatar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.