Tamanho do texto

Após empate com a Bolívia, lateral-esquerdo Marcos Rojo deverá ser sacado para a entrada de Pablo Zabaleta

selo

A seleção da Argentina decepcionou na sua estreia na Copa América, mas não deverá sofrer alterações drásticas para o seu segundo compromisso no torneio continental. A troca de um lateral deverá ser a única mudança para o confronto com a Colômbia, na quarta-feira, apesar das cobranças para que várias alterações sejam feitas.

O lateral-esquerdo Marcos Rojo, que está no russo Spartak Moscou e disputou apenas quatro partidas pela seleção da Argentina, deverá ser sacado para a entrada de Pablo Zabaleta. A tendência é que o jogador do Manchester City seja o lateral-direito, com Zanetti sendo utilizado na lateral esquerda.

Batista avisou que o empate por 1 a 1 com a Bolívia não mudará a sua filosofia e nem provocará muitas alterações na escalação da Argentina. "Não vamos ficar loucos porque não ganhamos a primeira partida", disse Batista em coluna publicada nesta segunda-feira no jornal Clarín. "Sabemos que isto está apenas começando e iremos de maior a menor".

Anfitriã da Copa América, a Argentina divide a segunda colocação do Grupo A com a Bolívia, ambas com 1 ponto. A chave é liderada pela Colômbia, que venceu a Costa Rica por 1 a 0, e será a próxima adversária dos argentinos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.