Tamanho do texto

Saída da delegação de Porto Alegre demorou oito horas por causa de atrasos causados pelas cinzas de vulcão

O Grêmio , enfim, conseguiu embarcar para a capital paulista. Depois de cinco adiamento e oito horas de espera, a delegação deixou Porto Alegre por volta das 20h desta sexta-feira. No sábado, o time de Renato Gaúcho visita o São Paulo , líder do Brasileirão, às 18h30min, no Morumbi.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Desde a noite de quinta-feira, o Aeroporto Salgado Filho estava fechado para pousos e decolagens. O motivo: as cinzas do vulcão Puyehue , em erupção desde sábado no Chile, invadiram o espaço aéreo gaúcho e, por questões de seguranças, a Força Aérea Brasileira impediu as companhias de operarem.

Então, após treinar pela manhã no Olímpico, a delegação do Grêmio aguardou a liberação do voo no Hotel Deville, que fica ao lado do aeroporto. Durante a tarde, a direção chegou a cogitar o adiamento do jogo, porém, a CBF confirmou a realização da rodada.

Renato havia esperaria até as 20h para viajar a São Paulo. Caso fosse mais tarde, ele iria solicitar o adiamento, afinal, entendia sofre prejuízos na preparação. Não foi o que aconteceu...

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.