Tamanho do texto

Sem vencer nenhum jogo no Paulistão, Roberto Fernandes e a comissão técnica foram demitidos neste domingo

selo

Caiu o primeiro treinador do Campeonato Paulista de 2012. É Roberto Fernandes, do Guaratinguetá, que não resistiu à terceira derrota consecutiva, ocorrida no último sábado, contra a Portuguesa, no Canindé, onde o time paulista venceu por 2 a 1, de virada. Fernandes foi comunicado da decisão pelo presidente do clube, Israel Vieira da Silva, na manhã deste domingo.

Junto com Roberto Fernandes sai toda a comissão técnica que foi levada pelo treinador: os auxiliares Luiz Muller e Zé do Carmo, o preparador físico Luiz Guilherme e até o gerente Homero Santarelli, que havia sido contratado no final do ano como novo "homem forte" no futebol do clube.

Fernandes, que já havia trabalhado no clube quando do acesso do time da A3 para a A2, em 2004, voltou no final da temporada passada para o lugar de Sérgio Guedes nas últimas partidas da Série B do Campeonato Brasileiro e permaneceu para dirigir a equipe em 2012.

Para o jogo de quarta-feira, contra o Botafogo, em casa, pela quarta rodada do Paulistão, a diretoria ainda não confirmou quem será o treinador do time. Mas a tendência é que Otávio, que vinha atuando na comissão técnica, seja o comandante provisório. Ele tem experiência como treinador de futebol de areia e já dirigiu equipes no interior paulista e carioca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.