Tamanho do texto

Treinador deixa a equipe carioca faltando três rodadas para o final, com chances de classificação para a Copa Libertadores

Caio Júnior não é mais o técnico do Botafogo . O treinador não suportou a derrota por 2 a 1 para o América-MG na última quarta-feira, a terceira seguida no Campeonato Brasileiro . O gerente de futebol do clube, Anderson Barros, comunicou a decisão ao técnico na manhã desta quinta-feira, no hotel em que a equipe está hospedada em Belo Horizonte.

Leia também: 'Era Caio Jr.' é marcada por atrito com torcida e nova filosofia

O treinador esteve no comando da equipe carioca durante oito meses, foi eliminado da Copa do Brasil e da Copa Sul-Americana. No Brasileirão, após um bom início, quando o time carioca teve chances até de assumir a liderança, o time começou a derrapar após a derrota fora de casa contra o Atlético-GO . Nos últimos três jogos, três derrotas que tiraram a equipe da briga pelo título e ameaçam a vaga à Libertadores.

Botafogo é o 5º colocado. Veja a classificação

Caio Júnior deixa o Botafogo tendo comandado o time em 47 jogos, com 21 vitórias, 12 empates e 14 derrotas, um aproveitamento de 53,2% dos pontos conquistados. A primeira partida do treinador aconteceu no dia 31 de março, na vitória sobre o Paraná, por 2 a 1, pela Copa do Brasil.

Enquanto a diretoria define o nome do novo treinador, o preparador de goleiros do Botafogo, Flávio Tenis, assumirá a equipe nos treinamentos e jogos. Ele já havia realizado essa função na saída do técnico Joel Santana, antes da chegada de Caio Júnior.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.