Tamanho do texto

Atual campeão nacional, time catalão fez pré-temporada ruim, mas já saiu na frente do seu maior rival

A nova temporada do futebol espanhol começou da mesma forma que terminou a anterior. Ou seja, com o Barcelona  à frente do Real Madrid . Afinal, o time catalão venceu a Supercopa da Espanha após dois jogos contra o seu maior rival, que vai correr atrás do prejuízo no Campeonato Espanhol, a ser iniciado neste sábado. Mas não era esse cenário que a pré-temporada dos times indicava.

Afinal, durante os amistosos de julho e começo de agosto, o Barcelona perdeu metade dos pontos que disputou e gerou insatisfação no técnico Josep Guardiola, que criticou o modo que o time se preparou. Já o Real viveu em paz, enfrentou adversários fracos e conseguiu vencer todos seus jogos. Os problemas só voltaram quando ele enfrentou o Barcelona, em jogos quentes que geram polêmica até agora .

Toda essa rivalidade entre os dois times só foi deixada de lado durante a greve dos jogadores. O Campeonato Espanhol já deveria ter começado no último final de semana, mas os jogadores fizeram a paralisação em busca de garantias para que recebam seus salários em dia. Com um acordo selado nesta quinta-feira, após sete reuniões , as duas partes se entenderam e a bola vai rolar na Espanha.

Vai ser mais um Campeonato dominado por Real Madrid e Barcelona, times apontados como os melhores do mundo atualmente. Veja como foi a pré-temporada deles, quem foi contratado e como devem ser escalados, além de saber um pouco sobre os coadjuvantes da competição:

Barcelona

"Antes fazíamos pré-temporadas, agora fazemos excursões". A frase forte, com tom de crítica, é de Pep Guardiola, técnico do Barcelona. Ele desabafou após um amistoso contra o América-MEX, quando estava claramente insatisfeito com o modelo de pré-temporada adotado pelo time espanhol. "O clube precisa de verba e nós tentamos nos adaptar", completou o técnico.

E Guardiola tinha motivos para se preocupar na pré-temporada. Afinal, o Barça teve um aproveitamento de apenas 52%, sofrendo derrotas para Manchester United , Espanyol e até uma goleada por 4 a 1 diante do Chivas . O time catalão usou reservas em vários desses jogos, mas mesmo assim as derrotas irritaram Guardiola.

Porém, nos únicos jogos que realmente valeram algo o Barcelona mostrou que ainda é o mesmo da temporada passada: superou o Real Madrid, após duas partidas, e foi supercampeão espanhol.

Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o
AFP
Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o "novo rico" Málaga

Agora o desafio do Barcelona é manter essa boa fase e principalmente encaixar os novos reforços no time. Alexis Sánchez e Cesc Fábregas foram as principais contratações, mas ainda devem demorar para entrar na base formada por Valdés; Dani Alves, Piqué, Puyol e Abidal; Busquets, Xavi e Iniesta; Pedro, Messi e Villa.

Real Madrid

Se Guardiola teve motivos para se preocupar, José Mourinho só comemorou durante a pré-temporada do Real Madrid. O time teve 100% de aproveitamento nos amistosos que disputou.

Porém, a escolha dos adversários foi decisiva para isso. O time merengue enfrentou dois clubes chineses e dois norte-americanos, por exemplo. O resultado mais relevante aconteceu no Troféu Santiago Bernabéu - vitória por 2 a 1 contra o Galatasaray .

Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o
AFP
Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o "novo rico" Málaga
Nesta temporada o Real Madrid optou por não se reforçar com vários nomes de peso, mas investiu 30 milhões de euros (cerca de 70 milhões de reais) no português Fábio Coentrão, lateral-esquerdo que estava no Benfica e agora tem jogado no meio-campo. Além dele, outra contratação importante foi a do volante Nuri Sahin, ex-Borussia Dortmund.

A missão de Mourinho agora é fazer um time mais forte com esses reforços para enfim se vingar do Barcelona, que lhe tirou os títulos do Espanhol, da Liga dos Campeões e da Supercopa na última temporada. A base do time que tentará esse feito tem Casillas; Sergio Ramos, Ricardo Carvalho, Pepe, Marcelo; Khedira, Xabi Alonso; Di María (Coentrão), Özil e Cristiano Ronaldo; Benzema.

Outros

É improvável que algum time consiga interferir na disputa entre Barcelona e Real Madrid. Mas existem aqueles que vão lutar por vagas nas competições europeias e até podem aprontar alguma surpresa para os dois gigantes.

A principal expectativa fica por conta do Málaga, que gastou quase 60 milhões de euros em contratações graças ao seu dono milionário, o catariano Abdullah Al-Thani. Não há nenhum grande reforço entre os contratados, mas o time que já tinha Júlio Baptista passou a ter um elenco melhor com Ruud van Nistelrooy, Santi Cazorla e Jérémy Toulalan, por exemplo.

Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o
AFP
Ruud Van Nistelrooy voltou ao Campeonato Espanhol para defender o "novo rico" Málaga

Terceiro colocado no último Campeonato Espanhol, o Valencia vai começar a competição desfalcado dessa vez. O meia Juan Manuel Mata foi vendido para o Chelsea e fará falta.

Outro time que sofreu uma grande baixa foi o Atlético de Madri - vendeu "Kun" Agüero para o Manchester City . Porém, o time logo foi para o mercado e contratou um substituto que deve chamar atenção: Falcao García, centroavante colombiano que fez sucesso no Porto na última temporada, chegou por 40 milhões de euros (R$ 93 milhões aproximadamente)

Villarreal, Sevilla e Athletic Bilbao são outros times que ainda podem entrar nesse grupo de possíveis surpresas do Campeonato Espanhol, mas eles estão ainda mais limitados. O primeiro, por exemplo, perdeu Cazorla, um de seus principais jogadores. O segundo já sofreu um duro golpe na temporada, ao ser eliminado da Liga Europa. E no fundo todos eles sabem que não passarão do terceiro lugar da tabela de classificação.

Veja os jogos que abrem o Campeonato Espanhol, nos horários de Brasília:

Sábado, 13/8
13h Sporting Gijón x Real Sociedad
15h Valencia x Racing
17h Granada x Bétis

Domingo, 14/8
7h Atlético de Madri x Osasuna
11h Athletic Bilbao x Rayo Vallecano
13h Mallorca x Espanyol
13h Getafe x Levante
15h Zaragoza x Real Madrid
17h Sevilla x Málaga

Segunda-feira, 15/8

16h Barcelona x Villareal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.