Após eliminação, Batista diz que Argentina deve seguir o trabalho

"Sempre disse que o mais importante é chegar à Copa do Mundo de 2014"

Gazeta | 16/07/2011 23:45

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Antes da disputa da Copa América, Sergio Batista não era visto como unanimidade no comando da Argentina. Agora, a pressão deve aumentar em função da eliminação deste sábado contra o Uruguai, na fase de quartas de final. No entanto, o técnico mantém a serenidade e pede paciência para a sequência do planejamento.

"É claro que tínhamos a intenção de ganhar a Copa América, mas o projeto deve continuar. Sempre disse a todos, inclusive aos atletas e dirigentes, que o mais importante é chegar à Copa do Mundo de 2014", explicou o ex-meio-campista.

Batista reconhece, porém, a falta de regularidade da Argentina na Copa América. Considerada uma das favoritas ao título continental, a dona da casa não teve boas atuações na primeira fase contra Bolívia e Colômbia e só garantiu a classificação à etapa de mata-mata na vitória contra a Costa Rica.

Na noite deste sábado, Batista acredita que a Argentina produziu para vencer no tempo normal. Ele gostou principalmente do desempenho da equipe no primeiro tempo, já que na etapa complementar o Uruguai melhorou mesmo com um a menos em campo.

"Agora não tem jeito, devemos trabalhar mais", resumiu Batista, que ainda reclamou do calendário apertado do futebol mundial. "Infelizmente falta tempo para conquistarmos nossos objetivos", finalizou.

 

Texto:
enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG

Ver de novo