Tamanho do texto

Celso Roth admitiu dificuldades na tabela, mas reiterou discurso de mirar título brasileiro

nullEmbora tenha perdido as duas últimas partidas no Brasileirão, o Grêmio levou sorte. Isto porque os times da parte de baixo da tabela também tropeçaram. Resultado: a vantagem para a zona de rebaixamento, que chegou a ser de seis pontos, após as vitórias diante de Atlético-PR, Bahia e São Paulo, caiu para cinco. O temor, mesmo assim, está de volta.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Foi o que disse o capitão Fábio Rochemback após o tropeço diante do Botafogo – o time gaúcho vinha de goleada para o Vasco:

“O medo volta, claro. Quando se perde em casa é complicado. O trabalho só aparece com a vitória”.

O técnico Celso Roth, que perdeu os 100% de aproveitamento em casa, evitou fazer projeções. Manteve o discurso de mirar o título – o mesmo usado na sua apresentação, em 4 de agosto, quando o time estava em pior situação na tabela – atualmente é o 13º colocado, dez pontos atrás do G5 e 16 distante do líder Vasco.

“A torcida pode vislumbrar sempre algo a mais. Nós temos a obrigação de manter os pés no chão. Continuamos mirando alto, o título, embora saibamos que é muito difícil”, analisou o comandante.

O Grêmio se reapresenta na tarde desta sexta-feira para começar a preparação para enfrentar o Avaí. No domingo, terá a baixa de Fernando, suspenso, e os retornos de Saimon e Julio Cesar, que ficaram fora pelo terceiro cartão amarelo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.