Tamanho do texto

Ex-presidente vai seguir como diretor de seleções da CBF, cargo que assumiu oficialmente na quinta-feira passada

selo

Andrés Sanchez pediu licença do cargo para seguir como diretor de seleções da CBF
Gazeta Press
Andrés Sanchez pediu licença do cargo para seguir como diretor de seleções da CBF
Presidente licenciado do Corinthians , Andrés Sanchez pediu nova licença do cargo nesta segunda-feira para poder seguir como diretor de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), posto que ele assumiu oficialmente na quinta-feira passada.

Leia também: Titulares do Corinthians brilham, mas reservas do Fla garantem empate

Depois de quatro anos à frente do Corinthians, Andrés Sanchez se licenciou do cargo no último dia 15 de dezembro, sendo substituído por Roberto de Andrade, então vice de futebol. O estatuto do clube, porém, determina que a licença tem validade máxima de 30 dias e, por isso, precisou ser renovada nesta segunda-feira.

Veja ainda: Atrasado, Emerson chega ao treino de helicóptero

Assim, Roberto de Andrade vai ficar como presidente interino do Corinthians até o dia 10 de fevereiro. No dia seguinte acontece a eleição para definir o novo presidente do clube. Mario Gobbi, que já foi vice de futebol de Andrés, é o candidato da situação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.