Tamanho do texto

Diretor de seleções da CBF e técnico do São Paulo trocaram farpas por conta da convocação de Lucas

Após entrar em rota de colisão com o técnico Emerson Leão , do São Paulo , com direito a uma ríspida troca de farpas, o diretor de seleções da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Andrés Sanchez , pediu desculpas ao treinador.

O meio escolhido para o pedido de retratação foi o site oficial da CBF, no qual foi publicado um comunicado oficial na noite desta segunda-feira.

Leia ainda: Andrés avisa que São Paulo gastou um cartucho

A discussão entre Leão e Sanchez teve como pano de fundo a convocação do meia Lucas , do São Paulo, para o amistoso da seleção brasileira contra a Bósnia. Ansioso por contar com o jogador no clássico contra o Palmeiras, disputado no último domingo, Leão disparou contra a CBF e insinuou que a entidade pediu para que seu jogador forçasse um cartão para que não pudesse jogar o clássico.

Andrés, que como presidente corintiano sempre esteve em rota de colisão com o São Paulo, rebateu a acusação e chamou Leão de mentiroso . "Ele (Leão) é um irresponsável por falar isso. Ele precisa ir ao STJD para responder por essas acusações. Ele não pode insinuar uma coisa dessas. Ele é um mentiroso.”

Veja também: Juvenal chama Andrés de analfabeto

Emerson Leão no treino: irritação com a CBF e com a seleção brasileira
Vipcomm
Emerson Leão no treino: irritação com a CBF e com a seleção brasileira
Por fim, Lucas foi mesmo liberado e só se apresentou à seleção após o empate por 3 a 3 com o Palmeiras. Andrés, porém, afirmou que o São Paulo "queimou um cartucho" ao obter tal liberação junto à CBF.

Leia abaixo o comunicado oficial emitido pela CBF, em nome de Andrés Sanchez:

"O diretor de Seleções Andrés Sanchez vem a público, através do site CBF, afirmar que não pretendeu ofender o técnico do São Paulo, Emerson Leão, no recente episódio envolvendo a liberação do jogador Lucas para a Seleção Brasileira.

A retratação se faz necessária em virtude de declaração anterior feita por Andrés Sanchez a veículos de imprensa.

- Não foi minha intenção dizer que Leão mentiu ou é mentiroso. O que eu quis dizer é que não acreditava na notícia com informação atribuída a ele, que a notícia, sim, era mentirosa".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.