Tamanho do texto

Zagueiro nega haver problemas por conta dos atrasos de direitos de imagem, mas lembra que há muitos do grupo nessa situação

O zagueiro Alex Silva recentemente apareceu no noticiário esportivo por questão pouco ligada às suas atuações no campo. O atraso de direitos de imagem incomoda mas, neste domingo, o jogador deu um bico na polêmica. Indagado sobre a questão em entrevista coletiva no CT em Londrina, afirmou que seus advogados estão tratando do assunto com o clube, mostrou solidariedade em relação a outros atletas na mesma situação, como por exemplo o atacante Deivid , mas demonstrou mais preocupação com a intensidade dos treinos do que com os problemas financeiros.

Em pré-temporada com o Flamengo, Alex Silva evitou entrar em polêmica sobre direitos de imagem
Vicente Seda
Em pré-temporada com o Flamengo, Alex Silva evitou entrar em polêmica sobre direitos de imagem

“Existe essa pendência, sim. Não acho que isso inviabilize minha permanência, mas os advogados estão correndo atrás dessa pendência. Não quero que isso atrapalhe, tenho de separaras coisas, deixar com as pessoas responsáveis e tocar o meu trabalho. Não sou apenas eu, mas muitos companheiros estão com estes problemas. Os meus advogados pediram para que eu ficasse tranquilo e é assim que eu estou", explicou.

Leia também : Léo Moura, do Flamengo, admite incômodo de atletas com atrasados

O zagueiro brincou ao ser indagado sobre a pré-temporada e deu de ombros para a demora da diretoria em contratar reforços de peso. Até o momento, só foram apresentados o lateral Magal e o atacante Itamar. “Contratamos pouco, mas temos que lembrar que já temos um elenco forte. Com esses treinos físicos, parece que eu já estou na altitude. Está puxado", brincou, se referindo ao jogo contra o Real Potosí, no dia 25, pela pré- Libertadores , a mais de quatro mil metros acima do nível do mar.

Indagado sobre suas condições físicas, brincou. Afirmou que de vez em quando tem vontade de pedir dois joelhos emprestados aos mais jovens. “Sempre digo que eu queria ter a condição física deles, o joelho novinho. Se pudesse, pediria emprestado, ou trocaria dois joelhos novos por estes aqui. Afinal, já foram duas cirurgias, não é?”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.