Tamanho do texto

Lateral esquerdo chega contratado do Figueirense e diz que não liga para pressão e protestos da torcida

O vazio de Marcos no Palmeiras vai demorar para ser preenchido. Tentando já minimizar a falta do camisa 12 no ambiente do clube, o vice-presidente de futebol, Roberto Frizzo, apresentou nesta quinta-feira, o lateral esquerdo Juninho, contratado do Figueirense. Ele chega para suprir uma carência do elenco, especialmente após a venda de Gabriel Silva para a Udinese.

“Eu acabei de chegar e o Marcos já está encerrando, né? Eu sei da grande pessoa que ele é, de tudo o que ele representa para o Palmeiras, mas estou muito feliz de estar aqui hoje. Estou muito feliz de vestir o manto, é a realização em jogar em um time com essa grandeza. Eu espero executar o meu melhor futebol aqui”, disse o novo lateral esquerdo.

Juninho na apresentação como reforço do Palmeiras
Danilo Lavieri
Juninho na apresentação como reforço do Palmeiras

No seu primeiro treino nesta quarta-feira, Juninho chegou em meio a protestos e manifestações. Sobrou até para ele, que nem estreou. “Juninho, presta atenção, muito respeito com a camisa do Verdão”, era o grito da principal organizada que fechou a entrada da Academia de Futebol por volta das 16h.

“Eu fiquei muito feliz com o interesse do Palmeiras em me trazer. Fiquei ainda mais feliz quando acertou. A pressão a gente tem em todos os clubes, seja no Brasil ou no exterior. Temos que aprender a lidar. O Palmeiras tem um grupo qualificado e vai brigar por títulos este ano”, completou.

Além de Juninho, o Palmeiras já se acertou com zagueiro Adalberto Roman, que estava no River Plate. O paraguaio chega por empréstimo após ser praticamente expulso do time argentino, já que ele é considerado o responsável pelo rebaixamento da equipe para a segunda divisão do Nacional. O clube brasileiro espera apenas a assinatura do contrato para oficializar a chegada do seu segundo reforço para a temporada 2012.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.