Tamanho do texto

Willian Magrão, Escudero e Carlos Alberto ameaçam titularidade do volante

Adílson disputou as partidas da pré-Libertadores
AE
Adílson disputou as partidas da pré-Libertadores
Desde 2009, ao substituir o lesionado Willian Magrão, Adilson não sabe o que é sentar no banco de reservas do Grêmio. A concorrência aumentou dois anos depois e o volante é ameaçado, primeiro, pela recuperação de quem pegou a vaga e dos contratados Escudero e Carlos Alberto. Nada, porém, que o preocupe.

“Estou tranquilo, afinal, posso disputar posição com muita gente e em muitos lugares. Até porque a gente não sabe se este sistema será mantido ou trocado”, analisou o jogador.

Neste domingo, às 17h, contra o Novo Hamburgo, pelo Gauchão, Adilson deve atuar. Fábio Rochemback será poupado. A dúvida é para quinta-feira, pela Libertadores, contra o Oriente Petrolero quando o técnico Renato Gaúcho terá todos os jogadores à disposição.

“Ficarei na expectativa pois o Renato só avisa a escalação antes dos jogos”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.