Tamanho do texto

Gabriel, de 19 anos, está com dificuldade de prolongar seu contrato com o Cruzeiro e agrada a diretoria do clube paulista

Rogério Ceni ainda não definiu se renovará seu contrato com o São Paulo , que acaba no próximo dia 31 de dezembro. O clube, porém, já vê como realidade a aposentadoria do goleiro, que completará 39 anos no domingo e será desfalque, ao menos, dos dois primeiros jogos no ano por lesão no ombro direito. Na linha sucessória, para fazer sombra ou superar o atual reserva Dênis, está na pauta a contratação de Gabriel, campeão mundial Sub 20.

Confira infográfico com o mapa dos campeonatos estaduais

Gabriel tem 19 anos e já foi convocado por Mano Menezes para passar por um período de treinamentos na Espanha com a seleção principal em 2010. A comissão técnica do São Paulo avalia como positiva a sua chegada para disputar posição com Denis em 2013 e o trunfo é a sua dificuldade para prorrogar contrato com o Cruzeiro.

O goleiro está vinculado ao clube mineiro até 10 de outubro deste ano. Em abril, já poderá assinar um pré-contrato e sair de graça para qualquer outra equipe, hipótese que agrada ao São Paulo. Os responsáveis pela negociação estão cautelosos em falar sobre o assunto para evitar uma acusação de aliciamento, proibido pela Fifa.

O Cruzeiro tem em mãos uma proposta de renovação feita pelos representantes de Gabriel desde setembro, após a conquista do Mundial Sub 20, mas ainda não se manifestou oficialmente. A equipe tem prioridade para renovar por mais dois anos, contanto que iguale as ofertas que o jogador receber a partir de abril.

Leia também: Cortês destaca entrosamento do São Paulo para a estreia

O São Paulo estará pronto para entrar na briga, assim como alguns times europeus que sondam o garoto. Já não se esconde que a aposentadoria de Rogério Ceni é um fato quase confirmado. "Vamos discutir uma renovação com ele somente perto de dezembro. Mas tenho certeza de que o Rogério continuará perto de nós, mesmo que de outra forma", comentou o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes.

Sem uma classificação para a Libertadores, é praticamente certo que Rogério Ceni nem conversará para prolongar sua carreira. Gabriel, seu possível substituto, se destacou com defesas complicadas e atuações decisivas em cobranças de pênalti durante o Mundial Sub 20. Além disso, disputou a semifinal e a final da competição com o olho direito praticamente fechado por conta de uma pancada recebida, saindo como herói do título conquistado em agosto, na Colômbia.

Gabriel é religioso e iniciou sua carreira recebendo bolsas escolares para defender colégios mineiros em campeonatos regionais até chegar às categorias de base do Cruzeiro em 2007. Já passou no vestibular e escolherá entre cursar Educação Física ou Fisioterapia, precisando da definição de seu futuro para escolher a faculdade. Tem um perfil que agrada ao São Paulo, que recebeu boas informações de Lucas, Bruno Uvini, Casemiro, Henrique e Willian José, todos companheiros dele na seleção Sub 20.

E ainda: Leão espera Jadson em 15 dias e avisa que ele veio para ser titular

O clube também agrada ao goleiro, que sonha em ser convocado para as Olimpíadas. "Seria uma oportunidade maravilhosa porque o São Paulo dá a oportunidade de o goleiro jogar por muito tempo. E o Rogério Ceni é um espelho pela história e o respeito que tem", contou Gabriel. "O clube tem uma das maiores estruturas do mundo e a tradição de contratar goleiro para fazer história no clube, como Zetti e Rogério Ceni", completou.

Publicamente, ele e sua família dizem preferir continuar no Cruzeiro, mas admite que as negociações estão complicadas. "Já tivemos muitas reuniões e não conseguimos um acordo bom para mim e para o clube. Nunca descartei a possibilidade de ficar, e também não quero sair do Cruzeiro com portas fechadas", apontou o goleiro.

"Se hoje sonho com Seleção, agradeço ao Cruzeiro. Mas tenho a expectativa de coisas melhores, de mudanças, seja no Cruzeiro ou em outro lugar. Não quero ficar apenas treinando. E, nos próximos dias, alguma coisa vai acontecer", avisou Gabriel.