Tamanho do texto

Zagueiro da seleção brasileiro minimizou tropeço para a Venezuela na Copa América e afirmou que momento não é ruim

Praticamente um recomeço. Assim, o zagueiro da seleção brasileira Thiago Silva enxerga a partida contra o Paraguai, no próximo sábado, em Córdoba, pela Copa América . Depois de empatar com a Venezuela , no último domingo, a equipe de Mano Menezes encara o rival mais forte da primeira fase precisando vencer.

“A gente tem que ter tranqüilidade neste momento. Não é um momento ruim. Apenas empatamos o jogo. É o começo da competição. No sábado vai ser muito diferente. A gente sabe a responsabilidade de conseguir um resultado”, afirmou o zagueiro do Milan.

Titular absoluto da equipe de Mano Menezes, Thiago Silva minimizou o tropeço na estreia. Segundo ele, com o empate entre Equador e Paraguai , no outro jogo do grupo na primeira, a situação está aberta para definir os classificados para as quartas de final. “A competição vai começar de novo, praticamente”, conclui o zagueiro.

Pato e Thiago Silva participam de coletiva nesta terça-feira na Argentina
Divulgação
Pato e Thiago Silva participam de coletiva nesta terça-feira na Argentina




O discurso foi o mesmo de Alexandre Pato , outro jogador chamado para dar entrevistas nesta terça-feira. O atacante do Milan lembrou que outros favoritos também empataram na estreia.

“Volto a falar, não foi um resultado ruim. Argentina e Uruguai empataram também. Agora é esquecer o primeiro jogo e trabalhar bem”, disse o jogador.

Pato afirmou que o tropeço no primeiro jogo não tira a condição de favorito do Brasil. “Independente do que aconteceu contra a Venezuela, a seleção sempre será favorita. Vamos aperfeiçoar o que erramos”, completou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.