Palmeiras goleia Cerro Porteño e está nas quartas de final da Libertadores
Foto: Cesar Greco / Palmeiras
Palmeiras goleia Cerro Porteño e está nas quartas de final da Libertadores

Com direito a gol de bicicleta e show de Rony, o Palmeiras goleou o Cerro Porteño-PAR por 5 a 0 e confirmou sua vaga nas quartas de final da Libertadores. Os gols do massacre no confronto de volta das oitavas do torneio continental foram marcados contra por Samudio, depois por Rony, Breno Lopes, Gómez e Rony, de bike. Agora o Alviverde enfrenta o Atlético-MG, decidindo no Allianz Parque.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Verdão joga o suficiente para abrir o placar; Cerro não se entrega
A partida começou com o Palmeiras tranquilo com a vantagem de 3 a 0 no jogo de ida, enquanto o Cerro Porteño tentava algumas armas para tirar o adversário do sossego e buscar um gol cedo. Ainda que marcasse bem, os paraguaios não tiveram muitas chances no ataque, mas incomodavam a defesa palmeirense, que se saía bem do lance.

Uma boa chance nos primeiros minutos foi aos 8', em um cruzamento de Dudu para Navarro, mas Jean defendeu antes de chegar no centroavante. Dali em diante, foram poucas as oportunidades criadas em um duelo bastante travado, sem espaços. Aos 25', Veiga tocou para Wesley, que cruzou para Luan cabecear, mas a bola foi para fora, naquela que tinha sido a melhor chance.

Aos 33', Navarro sentiu a coxa direita e foi substituído por Rony, o que acabou mudando o desempenho do Verdão no primeiro tempo. Nos lance seguinte, Wesley disparou pela esquerda e cruzou para Rony, que não conseguiu finalizar direito. Em seguida, Mayke avançou pela direita e buscou Rony, mas a zaga do Cerro cortou o passe.

O gol estava amadurecendo e aos 37' Raphael Veiga bateu escanteio curto, recebeu de volta e cruzou para Gustavo Gómez cabecear para a rede, mas a bola desviou em Samudio e a Conmebol deu o gol contra do paraguaio. No fim da primeira etapa, Aquino bateu falta e fez Weverton defender no ângulo. Aos 43', Gabriel Menino pegou sobra e bateu forte, raspando a trave, quase ampliou o placar.

Rony brilha, marca de bike e Palmeiras goleia o Cerro Porteño
Na volta do intervalo, Abel Ferreira tirou Gabriel Menino e colocou Zé Rafael em campo. Logo aos dois minutos, em cobrança de escanteio de Veiga, Luan cabeceou por cima do gol. Dali em diante, a partida voltou a ficar bastante travada, sem que os times concluíssem as jogadas. Os contra-ataques eram a principal arma palmeirense.

Aos 17 minutos, Zé Rafael cruzou para Raphael Veiga, que subiu muito para cabecear, mas a bola explodiu no travessão. Aos 19', Veiga cobrou falta com perigo, Danilo desviou no meio do caminho e obrigou Jean a fazer uma boa defesa, no que apontava ser o amadurecimento de uma vitória mais elástica do Verdão.

No entanto, foi somente aos 27' que a festa começou. Mayke tocou para Rony, cara a cara com Jean tocar para o fundo da rede. Dois minutos depois, em uma linda jogada, Rony tocou de calcanhar para Breno Lopes marcar o terceiro do Palmeiras no jogo. Passados mais três minutos, Wesley cobrou escanteio e Gómez marcou o quarto.

Ainda havia tempo para o show ser fechado com chave de ouro e com o personagem principal brilhando. Aos 37 minutos, Breno Lopes cruzou da direita e Rony, sozinho, armou a bicicleta dentro da área. O tão sonhado gol saiu, sem chances para Jean defender. Um golaço, que levantou o Allianz Parque, que aplaudiu e gritou o nome do camisa 10, maior artilheiro do clube na Libertadores com 18 gols.

E agora?
Com o resultado, o Palmeiras confirma sua vaga nas quartas de final da Libertadores, fase em que vai enfrentar o Atlético-MG em duelos de ida e volta, que devem acontecer no dia 3 de agosto, no Mineirão, e no dia 10 de agosto, no Allianz Parque. Vale lembrar que não há mais gol fora de casa como critério de desempate no mata-mata.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários