Jô no samba? Relembre 10 polêmicas do atacante do Corinthians

Jogador foi flagrado curtindo, enquanto o time perdia para o Cuiabá no Brasileirão. Confira outras confusões que ele já se meteu.

Resort na pandemia

Em sua terceira passagem no Corinthians, Jô coleciona polêmicas. A primeira aconteceu em março de 2021, quando o jogador foi a um resort, acompanhado do ex-meia Otero, no meio do pior momento da pandemia de Covid.

Instagram

Chuteira Verde

Em junho de 2021, o jogador se envolveu em uma nova polêmica. Na partida contra o Bahia, o atacante usou uma chuteira verde, cor que remete ao rival Palmeiras.

Instagram

Perseguido por torcedores

Em julho, ainda na pandemia, Jô apareceu em um evento da marca de roupas Buh, da qual possuía uma franquia. Na oportunidade, o atacante teve o carro apedrejado por torcedores

Instagram

Sumiço de três dias

Em dezembro de 2021, Jô sumiu e ficou três dias desaparecido. Depois, foi descoberto que ele estava na festa de casamento de Douglas Costa. Após o ocorrido, ele pediu desculpas públicas à família e anunciou a sua separação.

Instagram

Falta em treinos

Em março desse ano, Jô não se reapresentou com o grupo após uma vitória no Paulistão, contra o Novorizontino. O Corinthians não aceitou as justificativas do jogador e aplicou uma multa ao atleta.

Reprodução/Twitter

Samba durante derrota

Na última polêmica, Jô foi flagrado em uma roda de samba durante a derrota do Corinthians para o Cuiabá. O atacante ficou fora da partida por conta de uma contusão.

Reprodução

Cerveja no Galo

No Atlético Mineiro, o jogador também se envolveu em polêmicas. Em uma delas, após a vitória sobre o Tombense, o atacante postou uma foto de madrugada mostrando latinhas de cerveja e narguilé sobre a mesa. Depois, alegou que se tratava de uma conta falsa.

Instagram

Sumiço no Galo

Em 2014, Jô protagonizou dois episódios de 'sumiço' no Atlético Mineiro, onde não se reapresentou à equipe, ficando fora por 13 dias. Da primeira vez, o atacante alegou que estava resolvendo problemas particulares.

Reprodução/Twitter

Polêmicas no Inter

Em março de 2012, após exagerar na noite, o atacante perdeu o voo e não se apresentou ao Inter para realizar uma viagem à Bolívia, para enfrentar o The Strongest, pela Libertadores. Na época, Jô foi multado e afastado pela diretoria.

Reprodução/Twitter

A gota d'água

Após o episódio em março, Jô voltou a protagonizar polêmicas no Inter ao exagerar na noite do Rio de Janeiro após uma eliminação frente ao Fluminense, em maio de 2012. O jogador nunca mais atuou pelo Colorado e foi negociado com o Galo.

Reprodução/Twitter