Talleres e Flamengo ficam no empate na Libertadores
DIVULGAÇÃO/CONMEBOL
Talleres e Flamengo ficam no empate na Libertadores

O Flamengo novamente bateu na trave e não conseguiu algo que seria inédito em sua história: vencer as quatro primeiras partidas da fase de grupos da Libertadores. Nesta quarta-feira, diante do Talleres, o Rubro-Negro jogou mal e ficou apenas no empate, em 2 a 2, em duelo disputado na Argentina. Os gols foram marcados por Arrascaeta e Pedro. Arão, contra, e Santos fizeram para os donos da casa.


Primeiro tempo do Flamengo muito aquém daquilo que a equipe tem condições de apresentar. Após um início equilibrado, o Rubro-Negro caiu de produção quando Pablo sentiu dores, aos 12 minutos, e teve de sair da partida. Arão foi para a zaga e Andreas Pereira entrou no jogo, no meio de campo. O Talleres cresceu e passou a pressionar bastante o time carioca, sobretudo pelo lado direito da defesa flamenguista.

Foi por lá, inclusive, que saiu o gol. Aos 33, Santos, do Talleres, recebeu a bola no lado esquerdo do ataque e cruzou para ninguém na área, uma bola tranquila para a defesa. Mas Arão se precipitou e desviou a bola contra o gol de Santos, goleiro do Flamengo, que ficou vendido. No restante do primeiro tempo, o Rubro-Negro continuou insistindo em bolas longas e com dificuldade em trocar passes rápidos, de modo que pouco ameaçou o goleiro Herrera.

Na segunda etapa, logo aos quatro minutos, Arrascaeta, o melhor jogador do Flamengo há tempos, fez uma pornografia (no bom sentido, é claro) e empatou o duelo. Isla passou para o uruguaio na intermediária do Talleres. O meia arrisca um chutão, e a bola foi no ângulo. Golaço!

Mas a alegria rubro-negra durou pouco. Aos 11, Santos, do Flamengo, tirou com chutão. Godoy recuperou e lançou para Michael Santos, em posição duvidosa, marcar na saída de goleiro rubro-negro. A zaga rubro-negra bobeou e parou para pedir impedimento. Vale ressaltar que, nesta fase da Libertadores, não tem árbitro de vídeo. Ou seja, vale o que o dono do apito definir.

Aos 23, o Flamengo empatou o duelo novamente. Como camisa 10, Gabigol encontrou Pedro, que havia acabado de entrar na vaga de João Gomes, entre os zagueiros. O centroavante dominou tirando dos marcadores, e bateu na saída de Herrera. Belo gol rubro-negro.

Depois disso, o nível do jogo caiu de nível, e o Flamengo, que não estava em uma grande noite, não conseguiu a virada sobre o Talleres. Com o empate, o Rubro-Negro segue líder do Grupo H, com dez pontos ganhos. A equipe argentina é a segunda colocada, com sete pontos.

O Flamengo agora vira a chave e volta a focar no Brasileirão. No domingo, em Brasília, às 11h, o jogo será contra o Botafogo. A partida será na capital porque o Maracanã está paralisado para realizar manutenções no gramado.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários