Pedro marcou na vitória do Flamengo sobre o Altos, na Copa do Brasil
Reprodução/Instagram
Pedro marcou na vitória do Flamengo sobre o Altos, na Copa do Brasil

Apesar de ter explicado a sua situação no Flamengo na saída de campo no Piauí, em jogo contra o Altos pela Copa do Brasil, e ter deixado escrito em seguida nas suas redes sociais de forma detalhada o que quis dizer, o discurso do atacante Pedro (confira galeria de fotos abaixo) sobre o futuro no clube ainda encontrou interpretações diferentes.


Por isso, a reportagem apurou com mais detalhes o que Pedro quis dizer, para que não restem dúvidas. O jogador deu indícios de que pode deixar o Flamengo? Então, segue o fio:


  • Na minha carreira cuido EU.

O atacante deixou claro que não vai se deixar levar por comentários externos sobre o seu futuro no Flamengo. Por não ter conseguido se tornar titular indiscutível com o técnico Paulo Sousa, Pedro foi alvo de debates e opiniões se avolumaram afirmando que ele deveria buscar novos ares. Tudo isso aconteceu depois da sondagem do Palmeiras para comprar o jogador no começo de 2022, negada pelo Flamengo.

Leia Também

  • Desde que cheguei aqui no Flamengo procurei me entregar e me doar ao máximo. Todos os dias. Em campo, no dia a dia e me cuidando fora dele. Entreguei muito em 2020 e 2021. Tenho consciência disso. Por escolhas de quem aqui estava, o que entreguei não foi suficiente.

Essa parte da mensagem mostra que Pedro não ficou satisfeito pelo fato de não ter tido uma sequência quando esteve em alta no clube, sobretudo com as lesões e convocações de Gabigol. Entre 2020 e 2021, isso ocorreu sob o comando do técnico Rogério Ceni. Com Renato Gaúcho, foram poucas chances também.

  • Estou feliz por não estar entre os 11 e não jogando os principais os jogos? Claro que não. Se tivesse, certamente, penduraria as chuteiras. E isso nada tem a ver com o trabalho da comissão atual e o Paulo.

Neste ponto Pedro deixa claro o que o GLOBO já havia publicado. O jogador não estava satisfeito em ter poucos minutos com Paulo Sousa em meio ao rodízio de jogadores. Ora, se a proposta era experimentar os atletas no Estadual, Pedro entendia que era a hora dele ter mais sequência. Mas viu Gabigol se tornar um dos atletas com mais tempo em campo nesse período de adaptação e reformulação do time.

  • E sabe o que mais me alegro? Consegui vencer meus pensamentos negativos e aqui estou. Forte. Fazendo o que é necessário.

Pedro fala em pensamentos negativos. Ou seja, é provável que tenha se desanimado com a condição atual, mas buscou se motivar e sempre teve postura profissional.

  • O que será daqui pra frente? Não consigo prever. Uma coisa é certa: minha dedicação e empenho com essa camisa serão sempre íntegros. Pela instituição e seus torcedores, que me abraçaram desde o meu primeiro dia. Tenho meus sonhos e objetivos pessoais. Para realiza-los, não preciso ser antiprofissional. Vou seguir 100% no Flamengo até quando for para ser.

O fim da mensagem é a parte mais importante. Pedro dá a entender que a continuidade no Flamengo agora é uma incógnita. Tudo vai depender se chegarão propostas, como vai estar a utilização dele no clube nesse cenário. Situação que agora não dá pra prever. Se chegar uma proposta ele vai analisar junto com o Flamengo o que é melhor, sem forçar saída, mas também pensando em seus sonhos e objetivos. Que incluem, é claro, ser um jogador que jogue mais, para ser reconhecido no clube e na seleção brasileira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários