Corinthians venceu o Fortaleza por 1 a 0 na Neo Química Arena
Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza
Corinthians venceu o Fortaleza por 1 a 0 na Neo Química Arena

O primeiro tempo do Corinthians contra o Fortaleza, neste domingo (1º), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena, foi digno de uma goleada contra. Mas no futebol não tem justiça, e mesmo tomando um vareio na etapa inicial, o Timão, que melhorou no segundo tempo, venceu o Leão do Pici por 1 a 0.

O gol da vitória foi marcado contra, pelo meia Matheus Jussa, após cobrança de escanteio rápida de Róger Guedes, aos sete minutos da etapa complementar.

Ainda houve dois gols anulados, um para cada lado, nos primeiros 45 minutos. Júnior Moraes marcou o corintiano, e Silvio Romero o do Fortaleza.

TIMÃO MARCA CEDO, MAS GOL É ANULADO
Na primeira chegada do Corinthians, o Timão até chegou a marcar, mas o gol foi anulado pelo árbitro Fifa Sávio Pereira Sampaio, do Distrito Federal, já que Júnior Moraes ajeitou a bola com o braço antes de finalizar para o fundo das redes.

A jogada foi construída pelo meia Willian, pelo lado direita, que cruzou por baixo, a zaga do Leão furou, e o centroavante corintiano escorregou, o que fez que ele levasse a mão na bola no momento que antecedeu o giro e o belo gol, que não valeu.

PRIMEIRA GRANDE CHANCE QUE VALEU É DO LEÃO
Aos 12 minutos, o volante Matheus Jussa, do Fortaleza, encheu o pé na entrada da grande área, mandou no canto direito do goleiro Cássio que saltou para fazer grande defesa e evitar que o Leão do Pico abrisse o placar.

FORTALEZA CRESCE E LEVA PERIGO
O gol do Corinthians anulado foi a única finalização corintiana até os 44 minutos do primeiro tempo – e como o lance não valeu, também não foi contabilizado. E a partir daí o Fortaleza começou a crescer.

O Leão do Pici chegou ao gol corintiano duas vezes, Matheus Jussa finalizou de fora da área, e o goleiro Cássio fez boa defesa.

Na sequência, Moisés invadiu a área e na entrada dela finalizou por cima do gol, mas levando perigo.

CÁSSIO FALHA, MAS BANDEIRA SALVA
Aos 21 minutos, o Fortaleza chegou às redes do goleiro Cássio, após falha do próprio goleiro em uma finalização de fora da área de Moisés. O arqueiro corintiano soltou a bola, que não foi muito forte e quase no centro do gol, nos pés do atacante Silvio Romero, que o driblou e marcou. No entanto, o jogador do Leão estava impedido e a posição irregular foi assinalada pelo bandeira Alessandro Rocha Matos.

Leia Também

PAULINHO SENTE E É SUBSTITUÍDO
Aos 26 minutos da etapa inicial, Paulinho sofreu uma lesão e precisou ser substituído. Em um confronto na intermediária defensiva, o corpo do meia corintiano caiu para trás e o joelho do atleta fincou no gramado.

O camisa 15 caiu no chão chorando e foi acolhido pelos seus companheiros, em uma grande comoção, no banco de reservas.

LEÃO SEGUE PRESSIONANDO
Dominando o meio-campo, que tinha Renato Augusto muito mal, o Fortaleza seguiu criando chances de gol.

Moisés chegou mais duas vezes ao gol adversário. No primeiro, em uma finalização que triscou a junção entra a trave e o travessão, e a segunda, já nos acréscimos do primeiro tempo, parou em boa defesa do goleiro Cássio.

COM GOL CONTRA, CORINTHIANS ABRE O PLACAR
No intervalo, Vítor Pereira promoveu a entrada de Raul Gustavo no lugar de Renato Augusto, passando o Timão para um sistema com três zagueiros, espelhando o esquema tático com o Fortaleza, com uma trinca de defensores e cinco jogadores no meio-campo.

Aos sete minutos do segundo tempo, o Corinthians abriu o placar. Róger Guedes bateu escanteio rapidamente, para pegar a defesa do Fortaleza desajustada. O camisa 9 tocou curto para Maycon, que cruzou no segundo pau, onde fechava Gil, mas antes o volante do Leão, Matheus Jussa, tentou afastar e colocou contra o próprio patrimônio.

DEFESAÇA DE MAX WALEF
Escanteio cobrado por Maycon do lado esquerdo no segundo pau, Gil subiu e cabeceou firme no canto esquerdo, mas o goleiro Max Walef espalmou, fazendo uma defesa fantástica.

No lance anterior, quase o Fortaleza marcou um segundo gol contra no jogo, após Maycon bater escanteio na direita e o zagueiro Marcelo Benevenuto cabecear para trás, com Walef já fora do gol. A bola foi para fora e gerou o corner seguinte, onde o arqueiro do Leão aplicou o milagre.

MANTUAN PERDE GOL INCRÍVEL
Apertando a saída de bola do Fortaleza, o Corinthians quase ampliou o marcador. Mantuan apertou Ceballos, que perdeu a posse, a bola sobrou para Jô, que devolveu para Mantuan que invadiu a área, saiu na cara do gol, mas viu o mesmo Ceballos, que falhou, travar a finalização e evitar o segundo tento corintiano.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários