Andreas Pereira perdeu espaço na equipe do Flamengo
Reprodução/Twitter
Andreas Pereira perdeu espaço na equipe do Flamengo

Do apoio do torcedor do Flamengo às cobranças desde o erro na prorrogação da final da Libertadores, que resultou na perda do título para o Palmeiras, Andreas Pereira (veja fotos na galeria abaixo) tenta recuperar a confiança junto aos rubro-negros após superar o trauma.


Em entrevista ao site 'ge', o jogador admitiu que o lance decisivo ficou em sua cabeça por muito tempo, mas quer seguir em frente.

"No momento, estava muito claro o que eu ia fazer e a bola acabou escapando. Já vi um milhão de vezes para ver o que aconteceu, o que poderia ter feito. Tive vários sonhos. Sempre me lembro da ação e falo: 'Por que eu fiz aquilo?'. Agora, eu tento olhar nos gols que eu fiz e focar nas coisas positivas. Para mim, dentro de campo, a final foi um dos jogos que me senti melhor. Não estava acreditando que aquilo tinha acontecido comigo em uma bola que arrisco 100 vezes nos jogos e nunca tinha perdido. Justamente na final, no título que eu mais queria ganhar. Fiquei muito triste, foi uma decepção. Foi difícil", afirmou na entrevista, completando:

Leia Também

Leia Também

"Mas é algo que eu já superei. Já coloquei para trás e estou olhando para a frente mais tranquilo. Tenho certeza de que tenho qualidade suficiente para reverter essa situação".

Com altos e baixos desde então, Andreas ainda sofre com a pressão da torcida e vê o seu futuro no Flamengo ficar cada vez mais difícil. Como O DIA informou, a diretoria havia encaminhado a compra do meia junto ao Manchester United, em fevereiro, por 10,5 milhões de euros (cerca de R$ 52 milhões). Mas o baixo rendimento do atleta nos últimos dois meses, atrelado ao risco de penhora de mais de R$ 100 milhões na Justiça, por conta de um processo do Banco Central, fizeram o clube não fechar a operação neste momento.

"Aquele lance não vai apagar o que eu fiz pelo Flamengo antes e o que eu posso fazer ainda. Sou maior do que somente um lance que aconteceu. Tenho contrato até junho e sempre vou fazer o meu melhor pelo Flamengo. Estou focado e positivo para o que vier. Estou fazendo o meu esforço, mas não posso opinar se é muito caro ou barato", completou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários