Arboleda comemora após abrir o placar para o São Paulo contra o Everton
Reprodução / Twitter Conmebol - 14.04.2022
Arboleda comemora após abrir o placar para o São Paulo contra o Everton

O São Paulo conquistou sua segunda vitória na Copa Sul-Americana ao vencer o Everton, do Chile, por 2 a 0, no Estádio do Morumbi, na noite desta quinta-feira. Arboleda, no primeiro tempo, e Talles, no final do duelo, marcaram os gols do confronto. O resultado deixa o Tricolor como líder isolado do Grupo D, com seis pontos.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


O técnico Rogério Ceni mandou a campo uma equipe alternativa, e o que se viu em campo foi um São Paulo com dificuldade na criação de jogadas perigosas. A falta de entrosamento durante a primeira parte do duelo era clara e o Tricolor usava as bolas paradas como sua principal arma para assustar o adversário em casa.

Primeiro tempo
A primeira boa chance dos paulistas aconteceu aos 12 minutos, justamente com bola parada. Reinaldo mandou na segunda trave e encontrou Arboleda, que desviou de cabeça por cima do gol. Aos 22 minutos, Reinaldo cobrou falta com perigo, e Juan chegou atrasado e não conseguiu completar.

Ao mesmo tempo que o São Paulo esbarrava na marcação do Everton, o time chileno também não conseguia atacar e o jogo se mostrava truncado. Mas, aos 30 minutos, Reinaldo cobrou falta no meio da área e a bola sobrou para Arboleda aproveitar o rebote para finalizar e abrir o placar no Morumbi.

Leia Também

O Everton só esboçou uma tentativa de ataque aos 35 minutos, quando Cuevas arrancou em contra-ataque antes de arrematar de canhota. Volpi desviou para escanteio. Aos 42 minutos, um vacilo de Volpi quase custou caro ao Tricolor. O goleiro foi desarmado por Di Yorio, que arrisca direto para o gol e só não empatou graças a Arboleda, que salvou.

Etapa final
O Tricolor voltou para a etapa complementar com duas alterações: Patrick e Rigoni entraram e saíram Toró e Juan. Enquanto o Everton voltou com a mesma equipe.

Apesar das mudanças do Tricolor, foi o time chileno quem levou perigo a Volpi. Aos 19 minutos, Di Yorio recebeu passe da defesa, dominou e finalizou para boa defesa do goleiro são-paulino. Cuevas isolou o rebote na sequência.

Rogério então optou por promover as entradas de Rodrigo Nestor e Gabriel Sara, que se recuperaram de lesão. O São Paulo teve um pouco mais de movimentação e segurança no meio-campo. Não demorou para Nestor arriscar um chute e ver a bola passar perto da meta.

O time do Morumbi quase ampliou depois de boa triangulação. Talles Costa passou para Igor Vinicius, que dominou no peito, invadiu a área e é desarmado na hora do chute.

Aos 40 minutos, uma bonita jogada de Patrick pelo lado esquerdo poderia ter terminado em gol, mas foi Talles quem fez o segundo do São Paulo, aos 42 minutos. O garoto marcou seu primeiro gol pelo profissional após rebatida na área e deu números finais ao duelo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários