Luis Castro
Divulgação
Luis Castro

A preocupação dos torcedores alvinegros virou realidade. O Botafogo não conseguiu obter o visto de trabalho do técnico português Luís Castro a tempo para regularizá-lo na CBF. Com isso, o treinador não poderá comandar o time no jogo de estreia do Campeonato Brasileiro contra o Corinthians, no domingo, às 16h, no Nilton Santos.

Além de Castro, os auxiliares do português também não conseguiram o visto de trabalho brasileiro. Com isso, a tendência é que Lúcio Flávio, que recentemente foi nomeado o técnico do time B do Botafogo, esteja a beira do campo no domingo.

Mais cedo, em publicação feita pelas redes sociais do clube, o treinador agradeceu o apoio dos botafoguenses antes da partida e celebrou o fato de todos os ingressos terem sido vendidos. 

Reforços regularizados

Leia Também

Por outro lado, todos os seis reforços contratados pelo Botafogo desde o anúncio oficial da venda da SAF para John Textor estão regularizados e podem ir a campo contra o Corinthians. Deles, só Saravia não tem estreia confirmada. O argentino disputa posição com Daniel Borges, lateral direito titular na campanha do título da série B e que foi bem no Carioca.

De resto Philipe Sampaio, que já jogou nas semifinais do estadual contra o Fluminense, Patrick de Paula, Luís Oyama, Lucas Piazon e Victor Sá devem estar entre os 11 que começarão a partida.

Eufórica com as movimentações no mercado e a mudança de perspectiva com os investimentos de John Textor, a torcida do Botafogo esgotou os ingressos para a partida. Ao todo, 39.999 foram disponibilizados — cerca de 36.000 para os botafoguenses.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários