Torcedores do Flamengo hostilizam jogadores em protesto no Ninho
Reprodução
Torcedores do Flamengo hostilizam jogadores em protesto no Ninho

O protesto de torcedores do Flamengo na porta do Ninho do Urubu, na manhã desta sexta-feira, pegou os jogadores de surpresa. De acordo com o jornalista Thiago Asmar, o mais abalado com a situação foi o meia Andreas Pereira (veja fotos na galeria abaixo), que assim como a maioria dos jogadores foi recebido com socos e chutes em seu carro.

“Sobre a chegada dos jogadores, o Andreas Pereira, de acordo com pessoas que eu conheço lá de dentro foi o que mais ficou abalado. Parece que ele desceu do carro muito abalado, algumas pessoas que estavam lá dentro disseram que ele chegou passando a mão no olho. Eu não quero afirmar que ele chorou, mas me falaram que ele chegou a chorar. Provavelmente, ele foi um dos mais cobrados. Ele tem sido cobrado desde a final da Libertadores”, disse Asmar.

"O Thiago Maia também chegou muito tenso no Ninho do Urubu. Estes jogadores que vieram da Europa não estão acostumados com esse tipo de situação. De acordo com pessoas que estão dentro do clube me afirmaram que o clima é muito pesado, muito tenso”, completa.

Os únicos jogadores poupados pela torcida durante a manifestação foram o meia Arrascaeta e o volante João Gomes. O clima ficou tão tenso que um torcedor foi detido acusado de tentar sacar a arma de um policial militar.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários