Neymar celebra após marcar contra o Chile
Foto: Lucas Figueiredo / CBF - 24.03.2022
Neymar celebra após marcar contra o Chile

Diante de mais de 69 mil torcedores no Maracanã, a Seleção deixou boa impressão em seu último jogo no Brasil antes da Copa do Mundo. Na noite desta quinta-feira (24), pelas Eliminatórias para o Mundial, o time canarinho goleou o Chile por 4 a 0, sem dificuldades. Os gols foram marcados por Neymar, Vinícius Júnior, Philippe Coutinho e Richarlison.

Veja abaixo galeria de fotos do jogo:


Brasil e Chile entraram em campo em condições opostas. A seleção canarinho em situação confortável, líder isolada das Eliminatórias e já classificada para a Copa do Mundo. Já a “Roja”, encarava o duelo como decisivo em busca de uma vaga no próximo Mundial.

Quando a bola rolou no Maracanã, o que se viu foi um Brasil com as linhas altas, marcando a saída de bola do Chile e tomando a iniciativa em busca do gol. Mesmo precisando do resultado, os chilenos encontravam muitas dificuldades na criação das jogadas e não ameaçavam a meta do goleiro Alisson.

Antes da metade do primeiro tempo, o time do técnico Tite chegou com perigo duas vezes. Primeiro aos 18 minutos, quando Neymar recebeu a bola pelo meio, já dentro da área, e desperdiçou a chance após não conseguir o domínio correto. Depois, aos 22, quando Thiago Silva acertou um belo cabeceio, que parou nas mãos do goleiro Bravo.

Leia Também

Depois destes momentos de perigo, o Chile despertou e passou a sair mais para o jogo. Aos 30 minutos, Vargas acertou uma finalização que passou à esquerda do goleiro brasileiro. Mas o ímpeto chileno parou por aí.

O Brasil logo reassumiu as ações da partida e não demorou para abrir o placar. Aos 41, Neymar recebeu a bola dentro da área pela esquerda e foi derrubado por Isla: pênalti! O próprio Neymar foi para a cobrança, bateu no canto direito de Bravo e colocou o Brasil em vantagem.

O gol empolgou os brasileiros, que não tiraram o pé do acelerador e ampliaram o placar poucos minutos depois, com Vinícius Júnior. O jogador do Real Madrid recebeu de Antony, invadiu a área e tocou com categoria na saída do goleiro chileno, para fazer 2 a 0 ainda antes do intervalo.

Sem outra alternativa a não ser atacar, o Chile começou o segundo tempo indo para cima do Brasil. E logo aos dois minutos, deu um susto no Maracanã lotado. Vidal, livre dentro da área, recebeu a bola e tocou de primeira para o fundo das redes. O gol, porém, foi anulado por impedimento após análise do VAR.

A pressão da “Roja” não prosseguiu. Mesmo sem esforço, a seleção canarinho voltou a se impor naturalmente e chegou ao terceiro gol ainda antes dos 30 minutos. Após pênalti polêmico sofrido por Antony, Philippe Coutinho foi para a batida, converteu e deixou o Brasil ainda mais à vontade na partida.

A partir daí, com o jogo controlado e sob os gritos de “olé” da torcida, a seleção brasileira passou a administrar o placar e manteve a vantagem sem nenhuma dificuldade. Antes do fim da partida, ainda deu tempo para Richarlison, que entrou na segunda etapa, marcar mais um e fechar o jogo com chave de ouro: 4 a 0 e mais uma vitória tranquila nas Eliminatórias.

** Cleber Mattos é repórter do iG Esporte e formado em jornalismo. Acompanha o mundo das competições nas mais diversas áreas, sobretudo quando o assunto é futebol.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários