Matheus
Instagram
Matheus

O atacante brasileiro Matheus, atualmente no Zhejiang FC, da China, revelou em entrevista que teve desentendimentos com o ex-técnico do Flamengo, Jorge Jesus, ainda quando os dois dividiam os vestiários do Braga.

Em entrevista a Tribuna Expresso, o atleta revelou que nem sempre se deu bem com o treinador português.

"Eu sou um jogador muito esquentado, eu esquento por qualquer coisa quando vejo que não está certo e ele também é um treinador assim. Particularmente, foi um treinador com quem aprendi muito, não vou mentir, ajudou-me bastante para melhorar o meu futebol, mas ele tinha jogadores dele, de confiança, pra quem dava mais oportunidade. Acabei jogando pouco. Para o Jorge Jesus, eu era como se fosse o 12.º jogador. Ele me colocava, mas não de titular. Eu e ele, no dia a dia, não nos dávamos muito bem. Brigavamos muito", admitiu o jogador de 39 anos.

Em seu relato, ele lembro um dos momentos de mais tensão. "Uma vez ele estava dando uma palestra depois de um jogo. Eu costumava sentar-me na parte de cima, ao lado do Vandinho. E nesse dia fui para a palestra com fone nos ouvidos para escutar música. Ele falava, falava, falava e eu ouvia música", lembra ele.

Leia Também

Porém, em um determinado momento, Vandinho o avisou que treinador estava falando com ele, mas o brasileiro nem ligou. "Então, o Jorge Jesus chegou perto de mim e disse: 'Ó miúdo, se não quer escutar, sai da sala agora'. E eu respondi: 'A melhor coisa que vai acontecer na minha vida é isso'. Eu saí da sala. E nesse momento fui direto falar com o presidente Salvador para dizer que queria ir embora para outro clube. Uma semana ou duas depois o Jorge Jesus acabou deixando o Benfica", contou Matheus, que diz que "já estava cansado" de Jesus.

"Ele grita muito com os jogadores. Agora já deve ter melhorado bastante, não sei. Mas gritava muito e às vezes não tinha o porquê", acrescentou.

Em Portugal, o brasileiro também jogou pelo Marco, o Beira-Mar e o V. Setúbal.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários