Pedro marcou um dos gols da vitória do Flamengo sobre o Cuiabá
Alexandre Vidal / Flamengo
Pedro marcou um dos gols da vitória do Flamengo sobre o Cuiabá

Foi difícil, mas o Flamengo conseguiu vencer o Cuiabá na Arena Pantanal, por 2 a 0, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro . O time de Rogério Ceni foi melhor no primeiro tempo e foi para o intervalo vencendo por 1 a 0, com gol de Pedro. Na etapa final, a equipe rubro-negra foi irreconhecível, levou pressão do Dourado e quase cedeu o empate, mas Thiago Maia, nos acréscimos fechou o caixão dos donos da casa.

(Veja abaixo galeria de fotos do jogo)


O Flamengo não tomou conhecimento do Cuiabá na primeira etapa e dominou o jogo. O primeiro lance de perigo foi aos seis minutos, quando Michael recebeu com bastante liberdade na esquerda, partiu para cima da marcação, ajeitou para o meio e finalizou firme por cima do gol de Walter. Mas, as nove, o goleiro do Dourado não conseguiu salvar. João Gomes foi lançado na área por Vitinho, dominou, fez o giro e entrou de bandeja para Pedro só empurrar e abrir o marcador.

O time de Rogério Ceni manteve a postura ofensiva, mesmo após o gol, e continuava como o dono do jogo. Aos 26, Bruno Henrique perdeu uma chance inacreditável. Em chute fraco de Vitinho de fora da área, a bola explodiu em Paulão e sobrou limpa para o camisa 27. Ele dominou e finalizou de canhota, mas o camisa 1 do Dourado fez a defesa à queima-roupa, evitando o que seria o segundo do Rubro-Negro.

Em um determinado momento, o jogo ficou mais truncado, com lances duros para os dois lados. Diego e Bruno Henrique, do Flamengo receberam amarelo depois de faltas perigosas. No lado do Cuiabá, Marllon foi advertido. O Rubro-Negro continuou sendo o melhor em campo e finalizou o primeiro tempo com 70% da posse de bola.

Você viu?

No segundo tempo, o Cuiabá voltou a todo vapor e, logo no primeiro minuto, quase empatou o jogo. Na bela bola enfiada por Clayson no ataque, Danilo saiu na cara de Gabriel Batista, mas finalizou mal e desperdiçou grande oportunidade de deixar tudo igual no marcador.

O Dourado começou a gostar do jogo e encurralava o Flamengo, que voltou muito mal para o segundo tempo. Aos 11, Ceni foi obrigado a mudar a equipe. Diego sentiu dores no joelho esquerdo e pediu para sair. Com isso, o treinador rubro-negro aproveitou para fazer mais uma alteração: tirou Diego e João Gomes e colocou Hugo Moura e Thiago Maia. O camisa 10 será reavaliado na reapresentação do elenco.

Mesmo com as mudanças, o Flamengo não conseguia demonstrar reação e via o Cuiabá tendo a maior posse de bola. O Dourado, entretanto, não conseguia transformar em gol. Aos 31, Ceni promoveu mais duas alterações na equipe: Pedro e Vitinho saíram para as entradas de Muniz e Max, respectivamente. Michael, que não fez um bom jogo, continuou na partida, o que gerou revolta dos torcedores nas redes sociais, que tem sido o estádio durante o período de pandemia da Covid-19.

O Flamengo se segurava como podia e teve sorte que Pepê, principal responsável pelas jogadas do Cuiabá, estava errando tudo que tentava, principalmente as finalizações de fora da área. Aos 43, o clima esquentou entre os jogadores dos dois times. Danilo, do Dourado, e Matheuzinho, se estranharam, e o atleta do time de Mato Grosso levou amarelo.

Sem agressividade, o Cuiabá não conseguiu tirar proveito do momento ruim do Flamengo no jogo e acabou sofrendo o segundo gol. Em contra-ataque depois da roubada de bola no meio de campo, Muniz arrancou com a bola dominada até a entrada da área e entregou para Thiago Maia, que dominou completamente sozinho, levantou a cabeça e tocou na saída de Walter, fechando a vitória rubro-negra.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo para pegar o Fluminense, às 16h, em duelo que será disputado na Neo Química Arena, em São Paulo, já que o Maracanã está cedido à Conmebol para ser preparado para a final da Copa América, no dia 10 de julho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários