Vasco
Vasco
Vasco

O meia Fellipe Bastos , de 31 anos, fez parte do  elenco do Vasco na última temporada, porém, o jogador acabou deixando o clube carioca durante a passagem de Ricardo Sá Pinto pelo Cruzmaltino. Em entrevista ao portal "globoesporte.com", o atleta falou sobre a sua relação com o treinador e revelou o atrito com o português que levou a sua saída do clube de São Januário.

"No outro dia, ele me chama na sala dele para conversar comigo. Ele disse: "Você sabe que pode ficar fora de qualquer jogo que eu escolher". Falei: "Claro, o senhor é o treinador e escolhe. Com certeza é alguma coisa que a gente tem que acatar". Aí ele começou a se exaltar e a falar alto: "Você tem que me respeitar como treinador". Eu falei: "Te respeito como treinador, mas você não precisa falar alto. Só estamos eu e você na sala, estamos conversando". Ele: "Mas você tem que acreditar na minha palavra". Falei: "Não sei se foi você, se foi o supervisor, se foi o diretor, mas eu acho muito estranho o que aconteceu. Eu estava liberado para jogar na Argentina e sete dias depois no Brasil eu não estava. Mas cabe a mim, aceitar ou não", afirmou em entrevista ao portal "globoesporte.com".

O jogador afirmou que o treinador português demonstrou bastante irritação com ele. O clima entre os dois ficou bastante quente com exaltação dos dois lados. "Aí ele ficou possesso, começou a falar alto, gritar... Quando ele botou o dedo na minha cara, eu falei: "Cara, eu te respeito como treinador, mas você não é meu pai para ficar falando assim comigo. Então fala baixo, e a gente conversa normal". Ele falou mais alto, a gente se exaltou, e um falou alto com o outro. Aí eu saí da sala, e ele falou: "Vai treinar afastado", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários