são januário
Reprodução / Vasco da Gama
São Januário será reformado pela WTorre

O presidente Alexandre Campello anunciou nesta sexta-feira, em live de comemoração do aniversário de 122 anos do Vasco, a assinatura de um memorando de entendimento entre o clube e a WTorre para a modernização de São Januário.

O documento precede a assinatura do efetivo contrato entre o clube e a empresa para o começo das obras. Com a assinatura do memorando, nos próximos quatro meses funcionários de WTorre e Vasco trabalharão juntos na finalização do projeto.

A busca por investidores que possam viabilizar o projeto continuará, agora com clube e empresa juntos no mercado na prospecção de recursos.

O clube informou que São Januário não será dado como garantia para que a modernização seja realizada. De acordo com ele, "o Vasco cederá o direito de uso, por tempo determinado, e em contrapartida à parte das receitas que serão obtidas, primordialmente, com patrocínios, camarotes, cadeiras especiais e ingressos.

De acordo com o cronograma divulgado pelo clube, o início das obras está previsto para o segundo semestre de 2021. A finalização da obra aconteceria em 2025, no aniversário de 125 anos do Vasco.

O novo estádio

São Januário, de acordo com o novo projeto, passará a ter capacidade para 43.200 pessoas, com 120 camarotes, arquibancada popular coberta nos setores atrás dos gols e estacionamento para 1.400 veículos.

O custo do investimento está estimado em R$ 275 milhões, com o repasse de valor fixo por pessoa pré-acordado para a WTorre. O período de cessão de exploração de São Januário será entre 20 e 35 anos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários