Jean%2C do Atlético Goianiense
Reprodução
Jean, do Atlético Goianiense

O goleiro Jean , do Atlético-GO, pode ser preso se não pagar o restante do valor referente à pensão das duas filhas, fruto da união com Milena Bemfica. Além do salário que o goleiro recebe do clube, o atleta também ganha por direito de imagem. No entanto, o valor desse segundo contrato nunca foi pago às crianças, como determinado pela Justiça. As informações são do UOL Esporte.

De acordo com o advogado de Milena, Gabriel Bonfim, foi necessária uma liminar para que o valor referente ao salário do jogador fosse descontado diretamente da folha de pagamento do clube. O pedido aconteceu por não ter desconto na folha e, segundo o advogado da defesa, o goleiro pagava um valor menor do que o que foi determinado.

A liminar é relacionada ao que Jean ganha como salário fixo no clube goianiense. O direito de imagem, apesar de entrar no acordo, não é descontada em folha. Ou seja, cabe a Jean acertar o pagamento com a ex-esposa. No entanto, segundo o advogado, isso nunca aconteceu.

No último sábado, o juiz responsável pelo caso deu ao goleiro três dias para que fosse quitado o valor remanescente. A decisão foi expedida no sábado.

"Até o momento, ele não pagou. Só que esses trâmites demoram, então acredito que não será cumprido o prazo de três dias. Deve demorar um pouco mais. Espero que não aconteça, porque prezo pelas filhas dele", explica Bonfim.

Atualmente, o goleiro deve pagar 30 salários mínimos às filhas, equivalente a R$ 31 mil mensais. O goleiro entrou com um recurso para pedir a redução do valor.

Além do processo pela falta de pagamento da pensão, Jean responde à acusação de violência doméstica em dezembro do ano passado. O goleiro foi denunciado por agredir a ex-esposa.

O goleiro, atualmente, deve destinar às filhas 30 salários mínimos —o que equivale a R$ 31 mil mensais. Ele entrou com um recurso para pedir a redução do valor, e o julgamento vai acontecer no próximo dia 25. Jean está emprestado ao clube goiano pelo São Paulo desde fevereiro. Além do processo pela falta de pagamento de pensão, Jean responde à acusação de violência doméstica —ele foi denunciado após agredir a ex-esposa no último dezembro.


    Veja Também

      Mostrar mais