Ídolo da torcida,  Jorge Jesus  completou uma marca impressionante com o Flamengo: são cinco títulos conquistados e apenas quatro derrotas nos nove meses em que está a frente do clube. Mas, e o futuro? Vai renovar? Se depender do presidente Rodolfo Landim, o treinador português permanecerá por além do final de maio, quando o atual contrato encerra vínculo.

Leia também: Após título, Jesus exalta Flamengo: 'Caminha para ser o maior time do mundo'

jesus arrow-options
Flamengo/Twitter
Jorge Jesus, técnico do Flamengo


- Vai ficar, claro que vai ficar - brincou Landim, na zona mista após o título da Recopa Sul-Americana:

- Coração tá bem, se eu não morri hoje, é porque estou bem - comemorou o presidente.

Já o vice-presidente de futebol, Marcos Braz, foi mais comedido nas declarações. Questionado sobre o contrato do técnico português, o dirigente afirmou que a prioridade do clube neste primeiro semestre eram os títulos a serem conquistados.

- Não vamos falar de renovação hoje. O Jorge [Jesus] tem o tamanho dele, temos uma relação muito boa. Na hora que tiver que ser, vai ser. Mais importante que a renovação neste início [de temporada], eram as conquistas neste começo.

Braz também aproveitou para esclarecer as conversas que teve com Renato Augusto, no desfile de domingo na Sapucaí. O vice-presidente de futebol afirmou se tratar de uma conversa entre amigos.

Leia também: Flamengo bate Del Valle, conquista Recopa e levanta 3ª taça no ano

- Eu vi o Renato Augusto subir para o profissional. Era outro Flamengo, eu era diretor de futebol. Tenho uma relação muito boa com ele. A gente se encontrou no carnaval e ficamos conversando. Falamos de Flamengo, da gripe lá [coronavírus], da Ásia, mas fizeram uma filmagem escondido. É normal, tranquilo.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais