Rio - Campeão da Supercopa do Brasil e da Taça Guanabara, o Flamengo busca nesta quarta-feira, às 21h30, no Maracanã , o seu terceiro título da temporada, decidindo a Recopa Sul-Americana com o Independiente del Valle, do Equador. Após o empate em 2 a 2, na semana passada, em Quito, quem vencer o duelo de hoje leva o título, já que não há gol qualificado. Em caso de empate, haverá prorrogação, seguida por disputa de pênaltis.  A informação é do O Dia .

flamengo
Divulgação/Flamengo
Flamengo pode ganhar mais um títuloí


Para o volante Willian Arão, a sequência de decisões do time rubro-negro dá ao time uma confiança maior para finais como a desta quarta-feira. "Isso faz com que a gente crie uma casca. Toda vez que a gente chega a uma final, já estamos habituados. Temos mais coragem, sabemos como nos comportar. Isso faz uma marca e manda um recado para os adversários. É uma série de coisas que vai juntando para que a gente possa chegar depois e ter essa confiança. Os treinos fazem com que a gente tenha mais confiança. Quando você chega numa final e ganha, nosso pensamento é que com certeza vai dar certo", analisou Arão.

O volante ainda destacou a importância da decisão desta quarta-feira. Se vencer, o Flamengo levará um título inédito e também conquistará uma competição internacional dentro do Maracanã pela primeira vez: "É importante para todos. Não só para a gente combinar essa marca de títulos e grandes jogos, mas também para o Flamengo. Para nossa torcida comemorar. A nossa metodologia é pensar no jogo, e não no que está em jogo. De uma maneira que a gente possa jogar bem, explorar as fraquezas dele e sair vencedor".

No treino de terça-feira, no Ninho do Urubu, o lateral-direito Rafinha, que se recupera de uma lesão na coxa esquerda e ficou fora da final da Taça Guanabara, foi a campo e realizou um trabalho leve, correndo ao redor do gramado. Na segunda-feira, na reapresentação do elenco, ele não tinha ido a campo. Bruno Henrique, com uma lesão no ligamento colateral lateral do joelho direito, e Rodrigo Caio, com uma lesão na coxa esquerda, estão fora da final.

Mas Arão destacou a força do grupo: "A gente montou um elenco forte para isso. Para chegar nestes momentos. É natural que se tenha um desfalque ou outro. Estamos jogando domingo e quarta. Tenho certeza que quem entrar vai dar conta, se tivermos mesmo estes desfalques".

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais