Lance

Jogadores disputando bola arrow-options
Divulgação
Partida terminou sem gols neste domingo (16)

A Ferroviária pressionou durante quase todo o jogo, mas o Santos segurou bem e a partida entre as equipes, disputada na noite deste domingo (16), na Arena Fonte Luminosa, acabou empatada em 0 a 0. Ao longo do duelo, válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista, o goleiro Everson trabalhou e muito com defesas importantes, amenizando o fato do meio de campo da equipe do técnico português Jesualdo Ferreira não ter funcionado como o esperado.

Com o resultado, o Santos chegou a 11 pontos, na liderança do Grupo A do Campeonato Paulista. A Ferroviária, no Grupo D, chegou a cinco pontos, ocupando o quarto lugar. Ambas as equipes voltam a campo pela competição no próximo sábado - enquanto a Ferroviária visita a Ponte Preta, o Santos duela contra o Ituano.

Intensidade!

Em casa, a Ferroviária usou e abusou da intensidade sobre o Santos, dando muito trabalho para o goleiro Everson. Logo aos dois minutos do primeiro tempo, Lucas Mendes achou Claudinho, que bateu e o arqueiro do Peixe espalmou para escanteio. Aos 13, Everson fez uma defesa incrível: Luan Peres afastou errado, Claudinho ficou com a bola e mandou para o gol, obrigando o goleiro santista a operar um milagre.

Leia também: Fifa autoriza Cueva no México, mas Santos almeja quase meio bilhão de reais

Pressão total

O Santos foi aparecer pela primeira vez somente aos 23 minutos, quando Soteldo arriscou e passou perto do gol defendido por Saulo. Mas a intensidade da Ferroviária vista nos minutos iniciais seguiu bem: aos 30, Bruno Recife achou Henan e bateu com perigo para o gol. Antes do intervalo, mais uma linda defesa do goleiro Everson: Hygor achou Henan, que finalizou e, novamente, o arqueiro do Peixe usou de toda a sua qualidade para evitar o gol, segurando a pressão.

Quando não é o goleiro...

Na volta para o segundo tempo, o Santos seguiu sem muitas oportunidades, com a Ferroviária mantendo o ritmo e tentando a vitória. E quando não é o goleiro Everson, que fez defesas importantes nos 45 minutos iniciais, foi a trave que evitou o gol da Ferroviária. Aos nove minutos, Patrick mandou direto na trave. O Santos foi responder apenas aos 40, quando Felipe Jonantan tabelou com Arthur Gomes e obrigou Saulo, goleiro da Ferroviária, a fazer grande defesa. Fim de jogo, sem gols, mas pelo apresentado, a Ferroviária merecia ter saído com a vitória.

Leia também: Santos e Atlético-MG rompem relações após fim da novela Soteldo

FICHA TÉCNICA
FERROVIÁRIA 0 X 0 SANTOS

Estádio: Arena Fonte Luminosa, em Araraquara (SP)
Data/hora: 16/2/2020, às 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Carvalho da Silva (SP) - Nota LANCE!: 6,0 (controlou bem o jogo)
Assistentes: Alberto Poletto Masseira (SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
Gramado: Bom
Público/renda: Indisponíveis
Cartões amarelos: Lucas Mendes, Max, Mazinho (FER) e Luiz Felipe (SAN)
Cartão vermelho: Max 44'/2ºT (FER)

GOL: -

FERROVIÁRIA: Saulo, Lucas Mendes, Elton, Max e Bruno Recife; Mazinho, Tony, Felipe Ferreira (Patrick intervalo) e Claudinho; Henan (Yuri 29'/2ºT) e Hygor (Léo Artur 38'/2ºT). Técnico: Sérgio Soares.

SANTOS: Everson, Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca (Jean Mota 16'/2ºT) e Carlos Sánchez; Raniel (Arthur Gomes 45'/1ºT), Eduardo Sasha (Kaio Jorge 26'/2ºT) e Soteldo. Técnico: Jesualdo Ferreira.

    Veja Também

      Mostrar mais