A relação entre Pedro e Fluminense só piora. Na última quarta, mesmo dia em que entrou em campo para enfrentar o ex-time pela primeira vez, o jogador acionou o clube na Justiça Trabalhista. O atacante cobra R$ 2,2 milhões. A informação foi publicada inicialmente pelo jornal “Lance”.

Leia também: Cobertura do Flamengo é acusada de homofobia em clássico contra Fluminense

Pedro arrow-options
Divulgação
Pedro

A cobrança inclui valores referentes a férias proporcionais, verbas rescisórias, premiações, entre outros pontos. O processo inclui até mesmo a ruptura dos ligamentos do joelho sofrida em 2018 e que deixou  Pedro oito meses fora dos campos, caso considerado complexo pelo juiz Marco Antonio Belchior da Silveira, titular da 14ª Vara do Trabalho do Rio, para o qual a ação foi distribuída. Uma audiência de conciliação foi marcada para o dia 24 de março.

Leia também: Comentarista detona Jorge Jesus em clássico: 'Arrogância absurda'

Pedro viu sua relação com o ex-clube começar a azedar depois que ele mostrou interesse na proposta do Flamengo , no ano passado, quando ainda jogava no Fluminense . Ao ser emprestado pela Fiorentina, fez questão de tornar pública sua torcida pelo Rubro-negro. Foi a gota d’água para os tricolores.

    Leia tudo sobre: Futebol

    Veja Também

      Mostrar mais