Lance

Ricardo Goulart no Palmeiras arrow-options
Twitter/Reprodução
Ricardo Goulart no Palmeiras

O Atlético-MG pode surpreender no mercado e fazer uma aquisição de alto impacto para o seu elenco. O atacante Ricardo Goulart, que joga no Guangzhou Evergrande da China, está sendo monitorado pelo clube mineiro, que ainda busca reforços para o ataque.

O momento complicado da China, com uma crise de saúde pública causada pelo coronavírus, pode “ajudar” na vinda de Ricardo para o Galo. A esposa do jogador, Daiane Goulart, já está a caminho do Brasil com os dois filhos. Ricardo também vai embarcar para solo brasileiro e já fez um pedido para o Guangzhou Evergrande, com quem tem contrato até 2023, para jogar em algum clube nacional até que a crise do coronavírus seja resolvida.

O jogador também está a caminho do Brasil para se juntar a família, o que pode incrementar as conversas entre o alvinegro e o staff de Ricardo. Porém, a vinda do meia-atacante pode ser complexa pelo alto salário que ele recebe na China. Um acordo seria possível sem o Guangzhou arcar com parte das despesas até que ele retorne o clube chinês, com o Galo bancando o restante. 

-Meu coração está em pedaços por deixar Ricardo na China, mas devido o trabalho é necessário que ele fique ao menos por enquanto, e espero muito que logo ele também consiga liberação pra(sic) estar junto de nós- diss Daiane no Instagram.

A informação foi veiculada inicialmente pelo jornalista Victor Martins, do Yahoo Esportes e confirmada pelo L!. O time mineiro já procurou o staff do jogador, que esteve no Brasil em 2019, jogando pelo Palmeiras, mas ficou pouco tempo, retornando à China, onde está desde 2015, é ídolo, com cidadania chinesa, com chances até de disputar uma Copa do Mundo pelo país asiático.

No Verdão, Ricardo Goulart fez apenas 12 jogos e marcou quatro gols, além de dar três assistências. O meia-atacante tem rica história no rival Cruzeiro, onde foi bicampeão brasileiro(2013-2014) e Mineiro(2014). Outro fato que liga o jogador ao Galo é uma célebre frase de Ricardo, após a Raposa vencer o Brasileiro, que “quarta-feira tinha mais”, em referência ao segundo duelo da final da Copa do Brasil de 2014, justamente contra o alvinegro, que derrotou o Cruzeiro na decisão daquele ano.

Ricardo, de 28 anos, quase veio para o Galo em 2012, mas o negócio, dado como certo pelo alvinegro na época, não saiu e ele acabou no rival Cruzeiro, onde fez 115 jogos e 42 gols na equipe estrelada. Na China, o jogador tem 155 partidas, com 110 gols no total, justificando o seu sucesso no país mais populoso do mundo. 

    Veja Também

      Mostrar mais