Lance

Nesta sexta-feira (31) foi divulgada a saída de Rodriguinho do Cruzeiro. O meia e o clube mineiro não chegaram a um acordo salarial e o jogador vai deixar a Toca da Raposa. Com a decisão, o jogador não enfrenta o Tupynambás, domingo, 2 de fevereiro, às 19h, em Juiz de Fora, pelo Mineiro.

Leia também: Renato Augusto cita medo de coronavírus: "Ninguém sabe o que vai acontecer"

cruzeiro arrow-options
Reprodução/ Instagram
Rodriguinho, no Cruzeiro

Com a saída veio também outra informação sobre Rodriguinho no Cruzeiro. O Globoesporte.com  publicou que a Raposa deve R$ 30 milhões para ao Pyramids FC pela contratação do meia em janeiro de 2018.

O valor da transferência, divulgado pelo ex-vice-presidente Itair Machado, foi de 4 milhões de dólares na época, porém, devido aos atrasos neste período a dívida está em 7 milhões de dólares (R$ 30 milhões, na cotação atual). De acordo com a publicação, o clube também estava devendo salário ao atleta.

Agora Rodriguinho e o Cruzeiro , com seu departamento jurídico , vão negociar como o clube irá pagar os atrasados ao jogador, que tem a receber salários , direitos de imagem e trabalhistas. O jogador fez 22 partidas e marcou oito gols pelo clube. No restante da temporada, desfalcou o Cruzeiro, após se lesionar na região lombar, ficando oito meses parado, voltando somente em 2020. 

Leia também: Confira os 8 esportes mais perigosos e extremos do mundo

Já saíram da Toca da Raposa por via direta ou com ordem judicial, Rafael, Orejuela (emprestado ao Grêmio), Dedé, Fabrício Bruno, Egídio, Dodô, Henrique, Jadson, Éderson, Marquinhos Gabriel, Pedro Rocha, Thiago Neves, David, Sassá e Fred.

    Veja Também

      Mostrar mais