Tamanho do texto

Cruzeirense Maria Salomé da Silva passou mal durante a partida entre o time mineiro e o Palmeiras, no domingo, e não resistiu

Maria Salomé da Silva era torcedora símbolo do Cruzeiro arrow-options
Divulgação
Maria Salomé da Silva era torcedora símbolo do Cruzeiro

Torcedora-símbolo do Cruzeiro, Maria Salomé da Silva não resistiu a um problema cardíaco e morreu na madrugada desta terça-feira, em Belo Horizonte, aos 86 anos de idade, dois dias após o time ser rebaixado para Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez.

Leia também: Após rebaixamento do Cruzeiro, Thiago Neves faz festa em casa

A torcedora cruzeirense estava no Mineirão, no domingo, quando a Raposa perdeu para o Palmeiras por 2 a 0 e caiu para Segunda Divisão, e passou mal ainda no estádio.

Vale lembrar que, na semana passada, ela havia sido agredida e levada para um hospital , após uma partida de vôlei em Betim, pelo Mundial de Clubes Masculino. De acordo com a ocorrência, integrantes de uma organizada do Atlético-MG foram os responsáveis pelo ocorrido. Além de Salomé, uma jovem de 15 anos também foi agredida.

Leia também: Torcedora do Cruzeiro, de 86 anos, é agredida a pauladas por atleticanos

De acordo com a Polícia Militar, as agressões foram contidas pelos próprios cruzeirenses. As vítimas foram levadas para a unidade de saúde. Os torcedores do Galo fugiram do local. De acordo com informações, a jovem de 15 anos ficou em observação por mais algum tempo e Salomé recebeu alta logo em seguida, naquela ocasião.

Dona Salomé , como era conhecida por todos, era funcionária do Cruzeiro além de torcedora – não faltava a quase nenhum jogo. Ela deixa um único filho, Roberto da Silva, de 61 anos, e três netos.

Leia também: Punido pela Fifa, Cruzeiro pode perder seis pontos na Série B

"Que notícia devastadora! Salomé é um símbolo. Alegria e fidelidade ao clube de coração. Sempre presente aqui no Mineirão e cheia bom humor e sorriso. Força para a família e amigos. Te amamos, Dona Salomé!", escreveu o perfil no Twitter do Mineirão.

Pelas redes sociais, torcedores do Cruzeiro lamentaram a morte de Dona Salomé e compartilharam registros feitos com a torcedora-símbolo: