Tamanho do texto

Clube perdeu de 2 a 0 para o Palmeiras e foi rebaixado pela primeira vez para a série B do Brasileirão; confusão também ocorreu dentro do estádio

Torcedores brigando arrow-options
Joao Godinho / O Tempo / Agência O Globo
Torcedores do Cruzeiro causaram confusão do lado de fora do Mineirão após queda do clube para a série B

Torcedores do Cruzeiro brigaram entre si neste domingo (7) após o clube perder de 2 a 0 para o Palmeiras e ser rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro . Já fora do estádio do Mineirão, os cruzeirenses improvisaram paus e utilizaram as grades de proteção como armas. A Polícia chegou a usar bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar os torcedores.

Durante a partida também houve brigas e cadeiras atiradas em campo. O juiz chegou a parar o jogo por duas vezes e a partida foi encerrada antes dos 90 minutos, aos 40 do segundo tempo.

Leia também: Jogadores do Atlético esculacham time rebaixado e bomba na web

Pelo sistema de som, a Minas Arena, que administra o Mineirão, pedia que todos deixassem o estádio, inclusive jornalistas que faziam a cobertura do jogo. O árbitro da partida e os jogadores dos dois times também saíram rapidamente de campo por orientação da polícia.

Leia também: Agonia em Minas! Cruzeiro perde do Palmeiras e cai para a série B do Brasileirão

Torcedores invadiram o campo e um deles saiu carregado. Um outro torcedor passou mal na arquibancada e foi socorrido. Em outra cena, um homem leva uma criança no colo e é ajudado por seguranças do estádio. Às 18h, havia no entorno do Mineirão reforço de ambulâncias.