Tamanho do texto

Diferença para o Flamengo, que era de oito, aumentou para 10, já que os rubro-negros venceram o Fluminense

Lance

Palmeiras soma só um ponto em Curitiba e distância para o Flamengo aumenta arrow-options
Reinaldo Reginato/Fotoarena/Agência O Globo
Palmeiras soma só um ponto em Curitiba e distância para o Flamengo aumenta


A caça ao Flamengo e a busca pelo título do Campeonato Brasileiro dificultou ainda mais para o Palmeiras. Neste domingo, o clube alviverde, que foi tímido no segundo tempo, só empatou com o Athletico-PR por 1 a 1, na Arena da Baixada, pela 27ª rodada do torneio nacional. Marcelo Cirino abriu o placar, e Deyverson igualou a partida. A equipe precisa da vitória na próxima partida.

Com o resultado, o Verdão dificultou a missão na busca pelo título cresceu ainda mais. A diferença para o Flamengo, que era de oito, aumentou para 10, já que os rubro-negros venceram o Fluminense. O Athletico-PR, por sua vez, fica na nona colocação, com 39 pontos.

Os times voltam no domingo pela próxima rodada. O Palmeiras viaja a Florianópolis e enfrenta o Avaí, às 18h. Mais cedo, às 16h, o Athletico-PR recebe o Goiás. 

CEDO DEMAIS
As equipes entraram em campo muito aceleradas. Em cinco minutos, tanto o Athletico-PR como o Palmeiras tiveram chances de marcar. No entanto, o Furacão foi mais eficiente: Adriano passou por Felipe Melo e fez cruzamento. Marcelo Cirino chegou livre de marcação e, de cabeça, mandou para o fundo das redes. O atacante marcou o sétimo gol na Série A, artilheiro isolado da equipe na competição. Em seguida, o time alviverde quase igualou o placar.

"PRA" CIMA!
Com o resultado negativo, o Palmeiras adiantou as suas peças. O Verdão teve uma boa chance com Dudu em uma bela finalização perigosa de fora da área. Enquanto isso, Deyverson lutou muito para se desvencilhar da marcação... e deu certo. Em trama pela direita, Willian cruzou rasteiro, o camisa 16 se antecipou e colocou a bola no fundo da rede. Não chegou a comemorar o gol. Depois de ter aberto o placar, o Athletico teve dificuldades para assustar.

FURACÃO PRESSIONA
Logo nos primeiros minutos da segunda etapa, o Furacão estava postado ofensivamente. Em uma das investidas teve até VAR acionado. Rony fez cruzamento, Marco Ruben chutou prensado com Gustavo Gómez e, na sequência, Marcelo Cirino foi derrubado por Vitor Hugo, mas o árbitro marcou falta de Marco Ruben. Apesar das tramas, o último passe era ineficaz. O Palmeiras voltou muito recuado e quando esteve com a posse de bola não conseguiu dar sequência.

LÁ E CÁ, MAS...
Depois de um início bem tímido do segundo tempo, o alviverde conseguiu chegar ao ataque. Willian e Lucas Lima tentaram colocar a bola na rede. Mas o Athletico-PR também não tirou o pé até o fim e assustou a zaga adversária, com duas oportunidades. Mesmo com a insistência das duas equipes, ninguém fez diferente e o placar ficou igualado.

FICHA TÉCNICA
ATLHETICO-PR 1x1 PALMEIRAS

Local : Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora : 20/10/2019 - 19h
Árbitro : Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG) - Nota LANCE! : 5,5 (não comprometeu o resultado, mas indeciso em alguns lances)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Felipe Alan Costa de Oliveira (MG)
VAR : Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes do VAR : Wanderson Alves de Sousa e Marcus Vinicius Gomes
Gramado : Muito Bom
Público/Renda :
Cartão Amarelo : Gustavo Gómez, Bruno Henrique (PAL); Thiago Heleno (CAP)
Cartão Vermelho :

GOLS : Marcelo Cirino, 6'/1ºT (1-0); Deyverson, 40'/1ºT (1-1);

ATHLETICO-PR
Santos; Madson, Léo Pereira, Thiago Heleno e Adriano; Wellington, Bruno Guimarães, Bruno Nazário (Léo Cittadini; 17'/2ºT); Rony, Marcelo Cirino (Pedrinho; 38'/2ºT), Marco Ruben (Thonny Anderson; 31'/2ºT). Técnico : Tiago Nunes

PALMEIRAS
Weverton; Jean (Luan; 21'/2ºT), Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael (Lucas Lima; 11'/2ºT); Dudu, Willian (Raphael Veiga; 37'/2ºT) e Deyverson. Técnico : Mano Menezes